Polícia remete à Justiça inquérito indiciando empresário de Lagarto

0

A Polícia Civil já remeteu para o Judiciário o inquérito policial que investigou o empresário Rodrigo Rocha pela morte do seu funcionário, no dia 23 de janeiro deste ano, em Lagarto. A delegada Michele Araújo, que conduziu as investigações, confirmou que Rodrigo foi indicado por homicídio qualificado – quando o crime reúne circunstâncias que o tornam mais grave do que já é.

No entendimento da Polícia, ele foi o responsável pelos diversos disparos de arma de fogo que levaram a morte Jorge Alexandre Souza Santana, de 28 anos.

Com o encerramento das diligências, Rodrigo Rocha, que está detido, fica à disposição do Poder Judiciário. O empresário foi preso no dia 23 de abril, no estado de São Paulo, próximo ao rancho onde se refugiava.

A vítima

Jorge Alexandre Souza Santana era gerente de uma das empresas da família Rocha, em Lagarto. No dia 23, ele foi encontrado morto com vários tiros dentro da residência de Rodrigo Rocha. Durante a prisão, segundo a polícia, Rodrigo se manteve em silêncio.

Nossa reportagem não conseguiu localizar o advogado do empresário. O Portal Infonet fica à disposição por meio do telefone (079) 99642-9640 ou e-mail jornalismo@infonet.com.br.

Por Ícaro Novaes

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais