Presidente do Ibama lança selo de Prevenção dos Manguezais em Sergipe

0

Manguezais, Mata Atlântica, Restinga. Nomes que já foram utilizados para representar a riqueza da fauna e da flora brasileira, hoje correm perigo de extinção. Em razão disso, o Instituto Brasileiro de Meio Ambiente – Ibama – vem realizando uma série de ações em prol da política ambiental no Brasil. Hoje, por exemplo, na Sociedade Semear, foi lançado o selo de Preservação dos Manguezais e Zonas de Maré pelos Correios e Ibama. Além disso, a formação de uma comissão Tripartite foi iniciada. A comissão é uma parceria entre governos Federal, Estadual e Municipais que visa a discussão e o cumprimento de medidas para a preservação do meio ambiente. O presidente nacional do Instituto, Marcus Barros, veio a Sergipe especialmente para o lançamento. O Estado foi o primeiro do Nordeste a receber o presidente e a lançar o selo. Barros relembrou como se deu o convite feito pela ministra de Meio Ambiente, Marina Silva, para que ele fosse o presidente do Ibama. Márcio Macedo, gerente Executivo do Ibama em Sergipe, falou da política de prevenção do Ibama e lembrou que muitas vezes, uma pessoa que destrói o Meio Ambiente pode vir a se tornar uma parceira. Quem também esteve presente foi o prefeito de Aracaju, Marcelo Déda e o representante do Governo Estadual, o secretário de Estado de Meio Ambiente, João Salgado. Ambos fizeram uma apologia à importância da formação da comissão Tripartite. Já Déda, disse que a comissão é uma forma de resolver os problemas ambientais com menos gastos. “Quando a União, o Estado e o Município se unem, gastamos R$ 1,00 para resolver o problema. Quando isso não ocorre, gastamos R$ 3,00 e não resolvemos nada”, disse. Além deste tipo de ação, o Ibama em Sergipe apóia a cultura local e vem investindo em prevenção através do Processo de Recuperação de Área Degradada – Prade. O Programa dá àqueles que estão sendo processados por devastação a opção de realizar o trabalho de recomposição da área devastada. O ingresso nesse programa pode diminuir em até 90% a multa cobrada pelo Ibama.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais