PRF inicia Operação Carnaval 2020 nesta sexta-feira, 21

0
Operação vai acontecer até a  “Quarta-Feira de Cinzas”, 26 (Foto: PRF/SE)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) iniciará à 0h desta sexta-feira, 21, a Operação Carnaval 2020 em todo o Brasil. Assim como em todas as regionais do país, o reforço no policiamento em Sergipe seguirá até a meia-noite de “Quarta-Feira de Cinzas”, 26, e intensificará a fiscalização nas duas rodovias federais que cortam o estado: a BR 101 e a BR 235.

Estima-se que durante a Operação Carnaval 2020, mais de 2 mil veículos serão fiscalizados nas quatro Unidades Operacionais da PRF em Sergipe e nas abordagens de patrulhamento ostensivo. O objetivo é coibir condutas criminosas e de imprudência no trânsito (que possam acarretar em acidentes ou agravar lesões) como ultrapassagens indevidas, falta de equipamentos de segurança (capacete, cinto de segurança ou dispositivos de retenção para crianças) e embriaguez ao volante.

Embriaguez ao volante 

Desde novembro de 2016, dirigir sob influência de álcool, conforme artigo 165 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), é uma infração gravíssima punida com suspensão do direito de dirigir por até doze meses e multa de R$2.934,70. A mesma multa é aplicada ao condutor que se nega a se submeter aos testes. Além da esfera administrativa, o condutor também pode ser preso em flagrante pelo crime de embriaguez ao volante, conforme previsto no artigo 306 do CTB. Quando a medição do etilômetro (conhecido como bafômetro) indicar 0,34 ou mais miligramas de álcool por litro de ar expelido dos pulmões, o condutor será encaminhado à autoridade judiciária. Na Operação Carnaval de 2019, mais de 900 testes de alcoolemia foram realizados. Desse total, 11 condutores foram flagrados dirigindo embriagados, sendo que seis deles foram conduzidos à delegacia.

Ônibus e micro-ônibus 

Um levantamento estatístico da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Sergipe revelou que de janeiro a dezembro do ano passado, dos 642 acidentes ocorridos nas rodovias federais do estado, 33 envolveram ônibus e micro-ônibus. Desses acidentes com veículos que realizam diariamente o transporte intermunicipal e interestadual de passageiros, 81 pessoas ficaram feridas e outras oito (12,3%) morreram no mesmo período. Portanto, quem vai viajar em transporte coletivo, também deve fazer uso do cinto de segurança, pois em caso de acidente, o risco de ferimentos ou morte é minimizado pelo dispositivo.

Em caso de emergência ou denúncia, o usuário da rodovia pode entrar em contato com a PRF através do número 191. A ligação é gratuita, pode ser feita também pelo celular e o sigilo do denunciante será mantido.

Fonte: Ascom Polícia Rodoviária Federal – Sergipe

Comentários