Problemas do aterro sanitário são discutidos pela Emsurb

0

No último dia 28, o presidente da Empresa Municipal de Serviços Urbanos – Emsurb -, o engenheiro Osvaldo Nascimento, proferiu, no Campus da Universidade Federal de Sergipe, a palestra “Definição da área do futuro aterro sanitário da Grande Aracaju”. Parte do III Encontro de Engenharia Civil e da VII Semana de Engenharia, a palestra, assim como os outros eventos, foi promovida pelo Diretório Acadêmico de Engenharia Civil da UFS, e serviu como oportunidade para esclarecer as ações desenvolvidas pela Prefeitura de Aracaju no gerenciamento e destinação final do lixo domiciliar produzido na capital e avanços para a implantação do aterro sanitário da capital. Fizeram parte da pauta, assuntos como conceitos sobre lixão; aterro sanitário controlado e aterro sanitário propriamente dito, dentre outros abordados. “A solicitação para realizar palestras como essas são importantes para levar à sociedade conhecimento das intervenções da Prefeitura Municipal de Aracaju nas questões que envolvem o Meio Ambiente. É uma oportunidade para esclarecer questões que estão próximas do dia-a-dia da população, que são muito pouco discutidas na sociedade”, diz Osvaldo Nascimento. No projeto-base do aterro sanitário da capital atua uma equipe de engenheiros ambientais do Nordeste, que trabalha na busca de soluções para o problema do Santa Maria. Além de indicar as possíveis soluções para os problemas de natureza sócio-econômica na área de influência da lixeira, o projeto deverá conter um diagnóstico ambiental seguido das medidas restauradoras capazes de transformar o local num meio ecologicamente equilibrado, o mais próximo possível da condição original. “A meta não é apenas acabar com o lixão, mas sim substituí-lo por uma nova concepção de destinação de resíduos sólidos, um aterro sanitário de padrões modernos, tecnicamente adequados e ambientalmente seguros para receber o lixo da cidade”, diz Osvaldo Nascimento.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais