Proerd realiza formatura do 6° Curso de Formação de Instrutores

0
Evento ocorreu nesta sexta-feira, 17 (Foto: SSP/SE)

O Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) realizou nesta sexta-feira, 17, a formatura dos profissionais que participaram da sexta edição do Curso Nacional de Formação de Instrutores no Tribunal de Contas do estado (TCE/SE), em Aracaju. No evento, os profissionais receberam orientações e informações sobre prevenção e combate às drogas.

“Esse programa consiste em um esforço cooperativo estabelecido entre a Polícia Militar, Polícia Civil, Perícia Criminal, escola e a família. Nosso propósito foi capacitar os profissionais de segurança com informações e habilidades para que eles sejam multiplicadores de como viver de forma saudável, sem drogas e violência”, explicou o perito criminal Nailson Correia de Araujo.

Para o policial militar Levy Soares Leôncio, a experiência foi pessoalmente transformadora. “A gente aprendeu no curso a trabalhar um currículo para transformar vidas. Mas, primeiro a gente teve a experiência de ter a nossa vida transformada. O nosso modo de pensar, o nosso modo de ver, nós fomos tocados por algo que a gente não esperava, o amor. Poder olhar para as crianças e para a sociedade para além de serem objetos da nossa missão de proteger, mas com amor, tendo algo a oferecer e ser referência para eles no futuro”, disse.

Em discurso, a capitã Adriana Littig, coordenadora Estadual do Proerd em Sergipe destacou a importância do trabalho realizado no curso de formação e a capacidade que ele tem de transformação tanto do profissional quanto das crianças beneficiadas pelo programa. “Os formandos desta turma já estão sentindo essa transformação. Vocês irão educar e trabalhar com o bem mais precioso que existe em todo o mundo, nossas crianças. O proerd é mais que um programa de resistência às drogas, é um programa de esperança. Porque ele prepara a criança não só para resistir às drogas, mas para resistir a tudo aquilo que não te faz bem. Ele realmente traz a esperança”, afirmou ela.

Os participantes também aprenderam mais sobre as novas drogas sintéticas e os malefícios que elas causam no corpo e na convivência social. Além disso, os policiais puderam conhecer um pouco melhor o trabalho do Instituto de Análise e Pesquisa Forense (IAPF) e a importância na busca da prova material.

Proerd

O Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd) consiste num esforço cooperativo da Polícia Militar, Escola e Família, visando preparar crianças e adolescentes para fazerem escolhas seguras e responsáveis na autocondução de suas vidas, a partir de um modelo de tomada de decisão. Por meio de atividades educacionais em sala de aula, o policial militar devidamente capacitado, fornece aos jovens as estratégias adequadas para tornarem-se bons cidadãos, resistir à oferta de drogas e ao apelo da violência. Com ações direcionadas a toda a comunidade escolar e aos pais/responsáveis, o Proerd também promove a inclusão da família no processo educacional e de prevenção.

Fonte: SSP/SE

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais