Reforma da Orla Pôr do Sol deve ser entregue em dezembro

0
A reforma está com cerca de 40% dos serviços excetuados (Foto: Victor Ribeiro)

A reforma da Orla Jornalista Cleomar Brandi, também conhecida como Pôr do Sol, em Aracaju, está com cerca de 40% dos serviços executados. Atualmente, aproximadamente 45 pessoas trabalham na recuperação do espaço que representa um dos mais importantes cartões postais de Sergipe. As obras visam oferecer maior conforto e acessibilidade à população sergipana e turistas que visitam o local, favorecendo o turismo local.

Às margens do rio Vaza Barris, no povoado Mosqueiro, a reforma executada pelo governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Turismo (Setur), é fruto de investimentos que totalizam R$ 1.821.392,44. Os recursos são oriundos do Programa Regional de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur), viabilizado por uma linha de crédito entre o governo e o Banco Interamericano de Desenvolvimento no Brasil (BID).

De acordo o arquiteto e coordenador de Infraestrutura do Prodetur no estado, Rafael Corona, a previsão de conclusão da obra é para o mês de dezembro deste ano. “A nossa equipe trabalha com várias frentes de trabalho. O guarda-corpos está com quase 80% do serviço finalizado, o deck de madeira com 60% e o atracadouro está praticamente concluído. Estamos ampliando as obras dos banheiros, a tubulação já foi passada em toda orla para iluminação, falta apenas os detalhes e a tubulação das câmeras de segurança também já está conectada com a edificação da polícia. Já fizemos os teste de pintura e no próximo mês já começaremos a fazer as pinturas do piso e dos painéis. No próximo mês teremos um avanço e pretendemos chegar a 60% de execução.

Luciano Leite trabalha com o turismo no local há 12 anos. Para ele, as intervenções do governo do Estado oferecerão maiores oportunidades para o crescimento da atividade na orla.  “Faço passeios para Crôa do Goré, Ilha dos Namorados e praia do Viral. Com esta obra, vamos ter banheiros para os nossos clientes que sentiam falta quando chegavam aqui. Vai ser melhor para todos, vai atrair muito mais turistas para cá e eles sairão ainda mais satisfeitos”.

Os turistas Fabiana Romano e Flávio Santos, consideram importante o investimento do Estado no local. “ É a primeira vez que visitamos esta orla, mas a segunda em Aracaju. Somos de Ribeirão Preto, São Paulo, e estamos achando aqui maravilhoso. É muito lindo, tudo perfeito e a estrutura está de parabéns. O brasileiro hoje pensa muito em ir para fora do país e aqui tem belezas tão lindas quanto lá fora”, elogiou Fabiana Romano.

“O turismo é importante para o Brasil, pode nos ajudar bastante. E com mais estrutura nos locais fica mais fácil para recomendarmos para que outras pessoas venham conhecer também. Estamos gostando daqui e indicaremos para os amigos”, completou Flávio Santos.

A obra

Entre os benefícios estão previstos a reforma total do píer existente; melhorias na iluminação pública; reforma no calçadão da orla (500m); instalação de novos banheiros públicos (masculino e feminino); instalação de sistema de segurança; recuperação estrutural do quiosque do pescado e de todo muro de gabião; instalação de chuveirões (2 núcleos com 2 chuveiros cada); construção de um atracadouro flutuante para lanchas; balizamento restrito para área de banho. A área total de intervenções é de 9.265,50 m², em 500m de extensão.

Quem frequenta a Orla terá mais segurança e comodidade. Aqueles que chegarem de ônibus, por exemplo, descerão em pontos sinalizados e com lombada de acessibilidade.

O comerciante José dos Santos, conhecido como Ninho, há 8 anos tem uma banca de lanches na orla e considera os serviços essenciais para recuperar o funcionamento e o desempenho turístico do espaço de lazer.  “Principalmente no verão, o movimento aqui é grande. Agora com essa reforma, que vai melhorar mesmo, porque está tudo limpinho, tudo organizado, todo mundo gosta. E quanto mais turista, a gente fica mais feliz porque vende mais”, afirmou.

Após a entrega da obra, o equipamento turístico será gerido pelo município de Aracaju, trabalho que já vem sendo feito desde a sua inauguração, no ano de 2010. Posteriormente, deverá ser definido, em reuniões entre a gestão municipal, outros órgãos públicos, como a Capitania dos Portos, e com a população local, como será o novo mecanismo de comercialização, de ambulantes, e de embarque e desembarque de pessoas nos atracadouros.

O projeto de manutenção e modernização da Orla Pôr do Sol Cleomar Brandi prevê, ainda, a reurbanização do espaço. Desenhos artísticos serão pintados no piso e em paredes da orla e as atividades do Centro Cultural também serão retomadas.

Fonte: ascom ASN

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais