Santa Maria ganha a maior escola pública do Estado

0

Aproximadamente 2.500 crianças e adolescentes do bairro Santa Maria terão a partir de hoje, 18, um lugar para concluir seus estudos. Foi inaugurada essa manhã a primeira parte do Centro Educacional Vitória de Santa Maria, que promete ser a maior escola pública do estado. A iniciativa foi do Ministério Público Estadual, em união com o Governo Estadual e Municipal, e em parceria com a iniciativa privada.

As ações conjuntas culminaram na obra de valor estimado em R$8 milhões de reais que vai atender às crianças e adolescentes do zero aos 18 anos.  A parte inaugurada hoje já contem as salas equipadas, e um laboratório de informática com 20 micros, frutos de doação da Telemar e da

Norcon. A sala já está toda equipada com intranet, internet, impressora, scanner e webcam.

Além desses parceiros o projeto contou com financiamento da Petrobras, e apoio do Banco do Brasil, G Barbosa, Habitacional, Torre, Engeb, Celi, Flora paisagismo, Escurial, entre outros. “Embora as empresas estejam saturadas com a carga tributária, não devemos ficar de fora de iniciativas como essa”, comentou o empresário Luciano Barreto, dono da construtora Celi.

“Hoje as Parcerias Público-Privadas são um meio eficaz para atender a demanda da educação. O Centro Educacional Vitória de Santa Maria é um a conjunção de esforços entre o governo público, o setor privado e a sociedade organizada”, comentou o procurador Luiz Valter Ribeiro, membro do Conselho Superior do Ministério Público. 

Gestão conjunta

A gestão administrativa da escola se fará por meio de uma junta composta por representantes do MP, das Secretarias de Educação do Estado e do Município. “A gestão se fará por meio de duas estâncias. Um comitê de gestão e um comitê pedagógico. Os parceiros têm igual representação nos dois comitês. A intenção é fazer dessa escola uma única escola, igualando os esforços”, comentou a Secretária de Educação, Tereza Cristina Cerqueira da Graça.

“A escola é bem maior do que está se vendo hoje”, fez questão de salientar o promotor Orlando Rochadell, o homem propulsor da construção da escola.

“Futuramente pensamos em alocar aqui um centro de ensino profissionalizante também”, concluiu, prevendo futuros investimentos.

Surgimento

A idéia da escola no Santa Maria, surgiu devido a um censo realizado no bairro. Na pesquisa foi detectada a não inclusão de 2.500 no sistema educacional. Crianças que estavam nas, ruas, em casa, ou seja fora da escola. A partir daí o promotor Rochadell, através do ministério Público procurou viabilizar as parcerias ao projeto.

A próxima etapa deve ser inaugurada em 15 de janeiro. No entanto as obras não devem parar, com

Maria de Oliveira: “Ainda não é o suficiente”

 

a construção do centro de Esportes e de outras unidades. “O bairro estava precisando. As outras escolas tem turmas com 50 alunos na sala, superlotadas. Os professores não dão conta. Ainda não é o suficiente, mas vai ajudar muito”, desabafou vânia Maria de Oliveira, moradora do bairro Santa Maria e mãe de dois filhos. 

 

 

 

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais