Sergipe conhece novos modelos de gestão de Recursos Hídricos

0

Nas mais diversas áreas, observar a realidade do outro – com o objetivo de aplicar os pontos positivos da mesma e não cair nos mesmo erros – é uma iniciativa inteligente e, dessa forma, bastante válida. Nesse domingo, dia 15, o superintendente de Recursos Hídricos, Ailton Francisco da Rocha – que está em visita técnica na Espanha e França, com o objetivo de conhecer os modelos de gestão de Recursos Hídricos naqueles países – promete retornar à capital sergipana com muitas novidades. Ailton Rocha está visitando a CFX; sede da Agência Seine Normandie; sede do Office de l´eau Paris; bureau das agências de bacias, em Bruxelas; escritório agência, em Montepellier; BRL – Toulouse; unidade do CIHEAM, em Zaragosa; Tribunal das Águas e Agência de Bacia, em Valência; Ministério do Meio Ambiente da Espanha, em Madrid; e Agência de Bacia do rio Duero, na cidade de Valladolid. Na ocasião, ele ainda visita a Universidade de Valladolid, onde irá aprofundar e detalhar a tese que obteve nota máxima do Tribunal de Suficiência Investigadora daquela Universidade, com a apresentação do trabalho intitulado “Análise Econômica do projeto de Desenvolvimento de Recursos Hídricos do Rio Vaza Barris em Sergipe, usando teoria das opções reais” – sob a orientação de Gabriel de La Fuente -, e do documento de trabalho científico sobre “Investimento em Barragens e Adutoras e a opção de espera: uma aplicação das opções reais”. A visita conta com o apoio da Secretaria de Estado do Planejamento e da Ciência e Tecnologia – Seplantec -, através do Programa de Desenvolvimento Sustentável de Recursos Hídricos – Proágua/Semi-árido -, do Banco Mundial e da Agência Nacional de Águas.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais