Servidor da Emsurb faz greve e pede realização de consurso

0

A partir do dia 5 de dezembro serviços de podação, limpeza de mercados setoriais, drenagem das praças, limpeza de algumas ruas do centro comercial e fiscalização da coleta de lixo estarão comprometidos com a possível paralisação dos funcionários da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb). A decisão foi tomada em assembléia realizada ontem, 19.

Os trabalhadores querem negociar entre outras coisas o acordo coletivo deste ano, que segundo o presidente do Sindicato dos empregados da administração indireta do município de Aracaju (Seami), Teotônio Rezende Mesquita, era para ter sido feito em maio. Além disso, eles pedem reajuste no valor do cheque alimentação e café da manhã, mas de acordo com o diretor-presidente da Emsurb, Sílvio Santos, este ano não será possível fazer nenhum acordo.

“Ele não pode chegar e dizer que não tem acordo. Ele tem que sentar e negociar. Sabemos que das negociações não vamos conseguir tudo, mas queremos pelo menos negociar alguns pontos”, reivindica Teotônio. 

Concurso

Um outro ponto questionado pelos funcionários da Emsurb é a necessidade de ser realizado um concurso para a contratação de garis. Teotônio explica que durante a administração de João Augusto Gama, foram demitidos 360 garis e até hoje não foi feito nenhum concurso. “Eles preferem a terceirização, mas isso é ilegal. O serviço de  limpeza só pode terceirizar até 49% dos trabalhos”, explica.

Atualmente trabalham na Emsurb 220 garis concursados, outros 420 funcionários são de cargos de confiança (CCs) e alguns são estagiários. “Estamos lutando quase que diariamente, desde o ano passado, para a realização de concurso, mas eles não querem ter trabalho com isso porque o CC é um cabide político e com a terceirização não há obrigações para a PMA. Nós não aceitamos isso”, ressalta o presidente do sindicato.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais