Simpósio discute as relações da segurança privada

0
O presidente do Sindesp/SE, Marcos Aurélio (Foto: Portal Infonet)

Foi realizada nesta sexta-feira, 05, o primeiro simpósio sobre segurança privada. O foco teve como tema “As Relações da Segurança Privada e Pública Após a Copa do Mundo” e ocorreu em um hotel na Orla de Atalaia.

O evento contou com a presença do Gerente Geral de Segurança do Comitê Organizador da Copa da FIFA no Brasil, José Hilário Medeiros, do presidente da FENAVIST, Jeferson Nazário, e do Comandante Geral da Polícia Militar do Estado de Sergipe, Coronel Maurício Iunes.

De acordo com o presidente do Sindicato das Empresas de Segurança Privada do Estado de Sergipe (SINDESP/SE), Marcos Aurélio Pinheiro Tarquínio, durante o encontro foi discutido sobre o trabalho desenvolvido pelas seguranças públicas e privada para o sucesso da Copa do Mundo de 2014.

Simpósio aconteeu na orla de Atalaia 

“A importância se dá em fazer uma análise do trabalho que foi feito em todos os organismos de segurança durante a Copa e que pode ser aproveitado para a nossa realidade atual. A sociedade percebeu que a união das policiais, a polícia privada, participação do exército e polícia federal, todos juntos levaram a um estado de segurança melhor e é isso que nós queremos debater e levar esse bem-estar à sociedade”.

Marcos Aurélio Pinheiro acrescentou ainda que o encontro visa esclarecer sobre o papel a ser desempenhado pela segurança pública e privada. “É importante esse debate porque a sociedade passa a entender o papel da segurança pública e privada. Às vezes se tem eventos públicos com segurança do governo, quando na verdade deveria ser com segurança privada, cabendo apenas a Polícia Militar a parte que lhe compete à constituição que é a segurança das vias e não da segurança interna em eventos particulares”, garante.

Por Aisla Vasconcelos

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais