Sinpol diz que funerárias estão recolhendo os corpos

0
Antônio Moraes, presindente do Sinpol, denuncia que corpos estão sendo removidos pelos carros das funerárias

O presidente do Sindicato dos Policiais Civis de Sergipe (Sinpol), Antônio Moraes, afirmou nesta sexta-feira, 21, que, por conta da greve da categoria, carros de funerárias estão recolhendo os corpos nos locais dos crimes. Este tipo de recolhimento, segundo o sindicalista, é ilegal.

“O baixo efetivo, somado à greve, acarreta diversos problemas. Porém, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) não pode admitir que funerárias recolham os corpos porque isso altera a cena do crime. Além disso, ficamos sabendo que motoristas não habilitados estão dirigindo os carros do Instituto Médico Legal”, alertou Antônio.

Ainda de acordo com o sindicalista, as investigações estão paradas e apenas os serviços de emergência estão sendo realizados pelos policiais civis. “Estamos garantindo os serviços com o efetivo de 30%. Ninguém está deixando de trabalhar”, esclarece.

SSP

A SSP afirmou, através de sua assessoria de imprensa, que desconhece a informação de que carros de funerárias estão recolhendo os corpos dos locais de crimes. A assessoria de comunicação do IML, também negou esta informação, afirmando que todos os corpos que chegaram ao IML nesta sexta-feira foram recolhidos por trabalhadores do instituto. Além disso, a assessoria acrescentou que os motoristas que estão conduzindo os rabecões são profissionais habilitados.

Por Geilson Gomes e Verlane Estácio

Comentários