Taxistas garantem 13º salário com bandeira 2

0

Táxis já rondam com bandeira 2
Entrou em vigor na última quarta-feira, dia 1º, o reajuste do táxi ‘bandeira 2’ durante 24 horas nas corridas realizadas na capital. A medida valerá durante todo o mês de dezembro e representa um acréscimo de 20% nas corridas realizadas em comparação com valor da tarifa normal.

Segundo o taxista Raimundo Pereira, a população já encara a decisão com naturalidade, pois entende ser uma prática comum no período natalino. “Como somos autônomos esse valor é como se fosse o nosso 13º salário, pois não temos hora extra nem férias. A população aceita numa boa, no entanto o valor pode variar entre 18% e 20%, pois vai depender da distância da corrida”, destaca o taxista. 

Para o taxista Raimundo Pereira, a população já encara o valor com naturalidade
De acordo com o presidente do Sindicato dos Taxistas de Sergipe, Luís Cunha, a ‘bandeira 2’ já acontece desde 1993 através do Decreto Municipal de nº 2.022. “O reajuste é de 20% e o valor já vem calculado da bandeira 1 para a 2. A população está tranqüila e reage normalmente. É um incentivo para nós e serve para melhorar a nossa renda no final de ano. Além disso, tem muitos sergipanos que ainda ajudam e dão sempre um valor a mais do que o cobrado nos taxímetros”, afirma.

O Decreto Municipal de nº 2.022 já existe há 17 anos e muitos sergipanos acreditam ser necessário. Para a recepcionista Jô Vieira Borges, a decisão foi positiva, pois serve para beneficiar os taxistas. “Entendo que vai pesar no bolso do consumidor, mas eles precisam para custear as despesas com o veículo. Pego táxi e hoje percebi o reajuste. Antes eu pagava R$ 7,40 por uma corrida que faço quase todos os dias e agora passei a pagar R$ 8,40 pelo mesmo trajeto, mas digo que vale a pena ”, diz.

Por Aisla Vasconcelos e Kátia Susanna

Comentários