Tráfico internacional: 100Kg de cocaína

0

A droga foi encontrada em uma embarcação as margens de um rio

A maior apreensão de drogas da história de Sergipe foi realizada nesta sexta-feira, 5, através de uma ação conjunta entre as policiais federal, civis e militar. Os mais de 100 Kg de cocaína pura foram apreendidos no rio Vaza-Barris, nas proximidades da ponte Jornalista Joel Silveira que liga o Mosqueiro a Caueira, localizada no município de Itaporanga D´Ajuda, distante 30 Km da capital sergipana.

De acordo com o delegado da Polícia Federal, Marcos Custódio, as investigações foram iniciadas após populares terem localizado as drogas espalhadas em vários pontos da região. Parte da droga foi encontrada boiando em sacolas de viagem as margens Vaza-Barris.

A embarcação apreendida está no Denarc
Segundo o delegado,as primeiras informações dão conta que uma embarcação tombou e a droga foi espalhada ao longo do rio. Com a investigação da polícia outra quantidade da droga foi apreendida dentro de uma embarcação que provavelmente estava dando suporte a um barco que estaria em alto mar à espera de toda a droga.

“A investigação ainda está sendo realizada, até o momento temos apreendidos na Polícia Federal 76 Kg da droga e outra parte está em poder da Polícia Civil”, explica o delegado Marcos Custódio.

Tráfico internacional

O delegado Marcos Custódio investiga ligação com o tráfico internacional
O delegado conta que a polícia investiga pelo menos duas hipóteses para uma quantidade tão grande de droga ser apreendida em Sergipe. “Há indícios de que a droga vinha do Paraguai por isso a polícia está investigando um possível tráfico internacional de drogas. Estamos analisando duas hipóteses que é a embarcação quebrou e os homens estavam utilizando os quatro galões de combustível para dá suporte”, explica o delegado, salientando que a quadrilha supostamente estava utilizando o Estado como entreposto para levar a droga para outros Estados.

Outra linha de investigação ainda não confirmada é de que traficantes estariam utilizando os rios que cortam o Estado para transportar drogas.

Testemunhas disseram que a embarcação que foi encontrada boiando com a droga estava parada 

A polícia investiga Aloisio Gomes
no local há 15 dias e que homens com sotaque estrangeiro possivelmente da Espanha foram ao local, mas não levaram nada do barco.

“A nossa preocupação é que toda essa droga seja retirada dessa localidade porque tinham pessoas que estavam com malas e pensavam que se tratava de sal”, diz o delegado.

R$7 milhões

Chama a atenção o alto poder aquisitivo da quadrilha que transportava grande quantidade de droga avaliada em mais de $4 milhões de dólares. “É uma quantidade de droga muito grande para Sergipe, toda essa droga está avaliada em cerca de R$7 milhões”, destaca o delegado Custódio.

Presos

 

José Rosano Amaral também está sendo investigado
Até o final da tarde dessa sexta-feira, 5, a polícia prendeu dois homens em um hotel localizado na Orla de Atalaia. Segundo a investigação os homens teriam envolvimento com a droga apreendida. O paulista José Rosano do Amaral que provavelmente seria advogado e Aloisio Gomes dos Santos que é natural do Rio de Janeiro.

Ligação

Com os homens a polícia conseguiu apreender uma sacola de viagem de marca semelhante à outra apreensão de droga que a polícia federal realizou no último sábado, 2, no município de Umbaúba, quando foram apreendidos 10 Kg de cocaína e quatro de crack.

Informações

De acordo com a Secretária da Segurança Pública todas as informações a cerca da operação que continua em andamento será realizada na próxima segunda-feira,8.

Confira mais imagens na galeria abaixo

Por Kátia Susanna

Comentários