Uso de película em carros terá novas regras

0

Novos índices de luminosidade. Clique para ampliar / Fonte: Contran
O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) aprovou novas normas para o uso e fiscalização de inscrições e películas em carros. A visibilidade passará a ser medida nas fiscalizações por um equipamento que determina, em valores percentuais, a luminosidade dos vidros.

 

O aparelho, chamado Medidor de Transmitância Luminosa, deverá ser aprovado pelo Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro) e homologado pelo Denatran. Com a nova resolução, o índice de visibilidade dos vidros traseiros passa a ser 28%, o mínimo para os vidros laterais é de 70% e nos dianteiros, a visibilidade tem que ser de no mínimo 65%.

 

Contudo, o Contran esclarece que só serão autuados os carros que tiverem uma visibilidade menor do que 26% nos vidros dianteiros, 65% nos laterais e 70% nos traseiros. A resolução já entra em vigor a partir de hoje. O uso da película em desacordo com as normas é considerado infração grave, o que resulta em multa de R$ 127,69, cinco pontos na CNH e a retenção do veículo até que seja regularizado.

Comentários