Arquivo Público promove bate-papo cultural sobre teatro sergipano

0
O bate-papo cultural sobre o teatro sergipano foi  com o ator, diretor e dramaturgo Jorge Lins, fundador do Grupo Raízes (Foto: Seduc)

Neste mês de outubro o Arquivo Público de Sergipe (APES) está com uma programação voltada para o Projeto Sergipanidades, promovido pela Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc). Desde o dia 1º, uma série de debates em torno dos temas que envolvem tudo o que movimenta as forças e símbolos de Sergipe têm sido realizadas.

Na manhã desta quinta-feira, 17, foi a vez de um bate-papo cultural sobre o teatro sergipano, com o ator, diretor e dramaturgo Jorge Lins, fundador do Grupo Raízes. Estiveram presentes ao evento alunos dos colégios estaduais Valnir Chagas e Tobias Barreto, que aprenderam um pouco mais sobre o teatro.

Jorge Lins falou sobre a importância de se fazer ações para levar a arte e a cultura para os estudantes da rede pública que não têm acesso. “Ele também destacou a sua experiência em poder passar para os alunos a sua história de vida, que se encontra com a história do teatro sergipano. Falou sobre a história do Grupo Raízes, fez exercícios de oficina de teatro e parabenizou o Arquivo Público, para que possamos incentivar outros órgãos a fazer ações sobre 24 de outubro da forma como o Arquivo Público está desenvolvendo”, disse a diretora do APES, Lícia Cristina Santana, se referindo ao dia da Sergipanidade.

Nesta data, 24 de outubro, às 16h, ocorrerá o Encontro de Sergipanidades, durante o Café Cultural, e a exibição do curta Lampião Revisitado, com a presença do ator Antônio Leite.

Programação

Ainda dentro da programação do mês de outubro, o Arquivo Público de Sergipe fará homenagens às personalidades sergipanas. O calendário contempla o dia do compositor, do professor, do pintor, do arquivista, do poeta e do servidor público. Nos dias 21 e 24, serão realizadas a conferência e as mesas-redondas, sempre às 8h30, onde serão realizadas discussões sobre Patrimônio Cultural, Turismo e Identidades, com o professor Dênio Azevedo, professora Maria Augusta Mundim Vargas (PPGEO/UFS), professora Janaína Melo e professora Daniella Pereira.

No dia 22, às 9h, será realizada a mesa-redonda “A cultura sergipana no processo ensino-aprendizagem”, sob a coordenação da professora Janaina Couvo, e composta pelo professor Fernando Aguiar, a diretora do Departamento de Educação, Ana Lúcia Lima Muricy; a professora Tereza Cristina Cerqueira da Graça, e o cordelista Chiquinho Além Mar.

No dia 23, também às 9h, será a vez do debate sobre “Gênero: Mulheres, Resistência e a Cultura Sergipana”, com as convidadas Amorosa (Música), Ilma Fontes (Teatro, Literatura, Comunicação), Polyana Bittencourt (Gastronomia), Cleanes Silva (Dança) e coordenado pelo presidente do Conselho Estadual de Cultura Antônio Alves do Amaral.

Todas as atividades ocorrerão na sede do Arquivo Público de Sergipe, que fica localizado na Travessa Benjamin Constant, 348, no centro de Aracaju.

Fonte: Seduc

Comentários