Capela também atrai pela fé

0

O clima de festa não está estampado no sofrido rosto da alagoana Marilene Maria da Conceição, 39, que veio orar por uma vida melhor na missa em homenagem a São Pedro, em Capela. Desde que chegou a Sergipe, com 19 anos, morou em Santo Amaro das Brotas e, há 9 anos, reside com seus sete filhos em um acampamento Sem-Terra. Com seu bebê de oito meses nos braços, Marilene conta que 260 famílias sobrevivem no mesmo acampamento que ela. “De vez em quando o Incra manda cestas básicas para a gente, mas já tem três meses que a cesta não chega. Lá a gente planta e colhe para vender os alimentos. Com este dinheiro conseguimos comprar nossas coisas”. Católica, a sem-terra afirma que sempre vem participar da parte religiosa da festa. “Meu marido gosta de se divertir, mas eu venho assistir à palavra de Deus, que sempre é bom. Peço que ele me ajude, que as coisas mudem para melhor para mim e para meus amigos. Mas meu sonho é só trabalhar e sobreviver com meus filhos sadios”, garantiu.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais