Animação ‘Tia Ruth, uma história de amor’ será lançada neste domingo

0
Animação contará como Maria Ruth Wynne criou a Casa Tia Ruth de Apoio à Criança com Câncer. (Foto: Divulgação)

Acontece no próximo domingo, 16, também integrando as celebrações aos 35 anos da Associação dos Voluntários a Serviço da Oncologia em Sergipe (AVOSOS), o lançamento on line da animação em Stop Motion de Marcelo Roque Belarmino: ‘Tia Ruth, uma história de amor’. A Fazer Filmes Produções recebeu recursos da Lei Aldir Blanc para desenvolver este lindo trabalho, que é baseado no livro de Geane Aguiar ‘A maravilhosa Casa Tia Ruth?’ (2013). O lançamento será às 17h pelo canal da Fazer Filmes no Youtube.

A animação conta, de maneira resumida, como Maria Ruth Wynne Cardoso (1929/2018), mais conhecida como Tia Ruth, passou pela sua infância simples e brincalhona até sua vida adulta em que constituiu família. A partir daí criou, junto com amigas e amigos, a Casa Tia Ruth de Apoio à Criança com Câncer/AVOSOS, instituições beneficentes sem fins lucrativos.

Esta é uma obra de animação infantil em stop motion, sendo o primeiro curtametragem realizado com esta técnica de animação em Sergipe. Técnica de animação que tem como característica a fotografia de quadro a quadro da arte
enquanto vai se movendo os objetos das cenas e posteriormente coloca-las (as fotos) em sequência para criar a animação. Dos personagens aos objetos que compõem as cenas tudo foi feito de maneira artesanal através dos minuciosos trabalhos em bordado (manual) da artista visual Adejania Nunes em toda a animação. Esta produção foi realizada com recursos da Lei Aldir Blanc, por meio da Funcap Sergipe em 2021?, informa o diretor Marcelo Roque Belarmino.

Segundo a presidente de Honra da AVOSOS, fundadora Jeane Vieira Melo, é emocionante ver a história de Tia Ruth contada de forma lúdica para todos nós e para o público infantil, especialmente neste momento de pandemia que precisamos fortalecer os exemplos de solidariedade. ?Já tivemos acesso à animação e ficamos felizes com o trabalho tão cuidadoso da Fazer Filmes, do diretor Marcelo Roque Belarmino. Tia Ruthinha, na vida real, era mesmo como uma personagem desenhada por Deus para o filme da vida: suave, meiga, amorosa com todos, com um coração que não cabia no peito e que levava sempre um sorriso nos lábios e uma lágrima compartilhada de consolo às crianças com câncer e às mãezinhas, bem como a todos que pela Casa de Apoio passavam. Mulher forte, Tia Ruth nos ensinou muitos exemplos, especialmente a não desistirmos, lutando sempre com fé e alegria pela vida, oferecendo a melhor qualidade de vida aos assistidos durante e após o tratamento contra o câncer?, comenta a voluntária.

Fonte: Ascom/Avosos

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais