Ocupe a Praça estreia segunda edição com homenagem às mulheres negras

0
Evento acontece no Centro Cultural de Aracaju (Foto: Funcaju)

Nesta quarta-feira, 25, às 17h, o ‘Ocupe a Praça’ estreia a segunda edição homenageando as mulheres negras, através de parceria com a Auto-organização de Mulheres Negras de Sergipe Rejane Maria. O evento será alusivo ao Dia Internacional da Mulher Negra Latino Americana e Caribenha comemorado no dia 25 de julho. O projeto, que acontece no Centro Cultural da capital, é uma realização do Núcleo de Produção Digital Orlando Vieira (NPD), unidade vinculada à Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju).

Marina Rejane, membro da Auto-organização, explica que o ‘Ocupe a Praça’ será voltado para o ‘Julho das Pretas’. Um evento independente, criado em 2003 pelo Instituto Odara – Coletivo de Mulheres Negras da Bahia, e há seis anos entrou na agenda comum das organizações que compõem a Rede de Mulheres Negras do Nordeste. “Iremos discutir como a mulher negra, apesar de toda discriminação que passa a ser alvo de racismo e machismo, ser um dos grupos com maior carga de opressões a levar nas costas, ela segue firme”, comenta Marina Rejane, membro da organização, detalhando a linha do debate.

A programação terá início com o quadro Liquidifica Diálogos, sob o tema ‘Mulheres Negras Movem o Mundo’ e o lançamento do jornal ‘Vozes Diáspóricas’ de Abibiman Kandence. Em seguida, na sala de cinema Walmir Almeida serão exibidos os documentários ‘Marielle Presente’ e ‘Kbela’, com a direção de Yasmim Thainá. Além disso, apresentará o coletivo de dança ‘Afro Contemporânea’ com o espetáculo de ‘Afro ANAUÊ’. E, para encerrar a noite, o show ficará por conta do grupo AFROntamentos, comandado pelas cantoras Lari Lima e Jaque Barroso, no palco montado na Praça General Valadão.

Ocupe a Praça

O projeto promovido pela Funcaju, através do Núcleo de Produção Digital Orlando Vieira (NPD), é realizado no Centro Cultural de Aracaju e na Praça General Valadão. O evento tem como proposta tornar a praça um espaço mais democrático, ocupando-a com apresentações artísticas. Levando mais uma opção de entretenimento totalmente gratuita para comunidade aracajuana, visitantes e turistas.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais