Aposentado pode ficar sem contribuir com o INSS

0

O aposentado que continua no mercado de trabalho poderá ficar isento da contribuição ao INSS e poderá, ainda, sacar trimestralmente os saldos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço. Os projetos que tratam desta matéria foram aprovados na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado, em caráter terminativo, e agora seguem para a Câmara. Só a isenção da contribuição poderá ampliar o déficit da Previdência, em algo entre 10 a 14 bilhões de reais.

A previsão do déficit da previdência este ano é de R 50,7 bilhões de reais. A situação das contas públicas poderá ficar ainda mais complicada caso seja aprovada emenda ao projeto que prevê a devolução das contribuições feitas desde 1991. Outro projeto que tira o sono dos técnicos do FGTS é a possibilidade de o aposentado que voltar ao mercado retirar trimestralmente o dinheiro do fundo. Hoje, só o aposentado que não rompeu o contrato de trabalho tem o direito de sacar mensalmente o FGTS.

Por Ivan Valença

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais