Aracajuanos poderão participar do planejamento orçamentário para 2019

0
Audiência ocorre dia 7 de novembro (Foto: Seplog)

Em Aracaju, a elaboração do Projeto de Lei Orçamentária é precedida de Consulta Pública à população, com o objetivo de garantir a participação do cidadão, servindo de subsídio ao planejamento do próximo ano. Essa é uma das premissas, inclusive, apontadas no Planejamento Estratégico que norteia as ações da administração municipal. Nesse sentido, além de uma audiência pública que será realizada no dia 7 de novembro, o cidadão também poderá participar preenchendo um questionário disponibilizado no portal da Prefeitura de Aracaju (www.aracaju.se.gov.br)

De acordo com o coordenador geral de Orçamento da Seplog, José Leilton de Almeida, a ideia é assegurar os mecanismos para que os munícipes se envolvam cada vez mais nas ações de planejamento orçamentário, conhecendo, definindo e apontando caminhos para atendimento das demandas que surgem no contexto social.

“No planejamento orçamentário, o administrador deverá estimar as receitas que o município espera arrecadar durante o ano, assim como irá fixar os gastos a serem realizados com tais recursos, por secretaria e em diversas modalidades e formas. O orçamento anual visa concretizar os objetivos e metas propostas no Plano Plurianual, seguindo as metas e prioridades estabelecidas na Lei de Diretrizes Orçamentárias. Por isso, é fundamental que os cidadãos e os segmentos da sociedade civil organizada interajam cada vez mais nesses aspectos”, destaca o coordenador

“Desta forma, a Prefeitura de Aracaju, por meio da Secretaria Municipal do Planejamento, Orçamento e Gestão, tem a satisfação de convidar a sociedade interessada para a Consulta Pública sobre o Orçamento Municipal, seja de forma presencial, no próximo dia 7, seja respondendo o questionário no portal da PMA”, incentiva o coordenador.

Os cidadãos poderão preencher o respectivo formulário na internet via computador ou smartphone, inserindo seus dados de identificação, localidade e bairro onde reside, respondendo as questões e dando sua opinião sobre a atuação da administração municipal. Os dados serão compilados e servirão de base para um estudo técnico que apontará as principais medidas a serem adotadas.

Fonte: PMA

Comentários