Banese aposta no crescimento dos financiamentos de imóveis em 2019

0

Para quem planejava financiar a casa própria nos últimos dois anos, a recessão econômica – que elevou as taxas de juros e tirou o poder de compra do brasileiro – foi o principal empecilho na realização desse sonho. Só que especialistas do setor já garantem a retomada no crescimento de financiamento de imóveis para 2019. Isso porque as condições dos bancos para conceder o crédito de financiamento começam a ser facilitadas.

Na semana passada nossa reportagem mostrou que a Caixa Econômica Federal havia anunciado a queda na taxa de juros para estimular o financiamento de imóveis. No cenário local, o Banco do Estado de Sergipe (Banese) também tem apostado num aumento de financiamentos. “Em 2015 foi o boom de financiamento. 2017 e 2018 tiveram índices menores, mas o mercado já está projetando para 2019 uma boa recuperação. O Banco Central já anunciou algumas alterações para o financiamento, como a taxa de juros baixa no mercado, e isso tende a fomentar essa procura”, frisou a gerente de crédito do Banese, Fernanda Oliveira.

O próprio Banese, inclusive, tem flexibilizado bastante a sua taxa de juros para clientes que buscam o financiamento de um imóvel. “Quando o cliente opta por receber o salário conosco, por exemplo, temos sim taxas diferenciadas e atrativas no mercado”, explica. O Banco tem fechado parcerias com construtoras e já vislumbra diversos empreendimentos em 6 meses.

De acordo com Fernanda, o cliente do Banese consegue financiar até 80% de um imóvel, seja ele novo ou seminovo, em até 420 meses, o equivalente a 35 anos. “O cliente verifica qual o imóvel que ele se interessa em financiar, agiliza toda documentação e procura uma das nossas agências”, detalha, lembrando que as três células específicas para tratar sobre o financiamento ficam na agência da av. Francisco Porto, agência em frente ao Shopping Jardins, e Agência Central, no prédio Maria Feliciana. “O cliente entrega a documentação ao nosso gerente, que vai informar sobre condições e viabilidade. Se tudo estiver dentro dos conformes, em 20 dias já assinamos o contrato”, complementa.

A gerente de crédito explica ainda que as regras de financiamento valem para os clientes de todo estado, e aqueles que não são clientes também podem procurar o banco e viabilizar o vínculo.

Por Ícaro Novaes

Comentários