Fiscais do Inmetro em SE vão retirar balanças piratas de circulação

0
Balanças originais têm selo de alumínio na lateral (Fotos: Portal Infonet)

O Instituto Tecnológico e de Pesquisas do Estado de Sergipe (ITPS), órgão delegado do Inmetro, vai intensificar a fiscalização de balanças de precisão a partir de 2019. A medida foi necessária em virtude da crescente quantidade de apreensões dos objetos piratas encontrados no comércio varejista e que acabam lesando o consumidor durante as compras à quilo.

Kaká Andrade orienta a consumidores e comercianentes

Como, na maioria das vezes, as balanças piratas são similares às originais, é importante que o consumidor esteja atento às características que diferenciam os produtos. De acordo com o diretor-presidente do ITPS em Sergipe, Kaká Andrade, o consumidor deve ficar alerta aos seguintes itens: “As balanças devem sempre estar à vista a ponto de o cliente conseguir visualizar as laterais e observar se constam as informações do fabricante em português, selo de alumínio com portaria do Inmetro falando da avaliação e selo com o ano em que sofreu a vistoria”, orienta.

O diretor-presidente do ITPS também faz um alerta aos comerciantes que necessitam das balanças para realizar as vendas. “Muitas vezes essas balanças são adquiridas pela internet e a pessoa não tem como verificar se o produto sofreu a verificação do Inmetro. Queremos orientar aos comerciantes, que não têm conhecimento da exigência legal, que o fabricante tem que se submeter ao Inmetro e que isso certifica que o produto tem qualidade e confiabilidade”, disse.

Caso as balanças irregulares sejam flagradas pelos fiscais do ITPS, elas são apreendidas e, posteriormente, destruídas. Ao comerciante, proprietário da balança, cabe autuação e pagamento de multa.

por Jéssica França

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais