Governador comemora crescimento do Banese

0

Governador Marcelo Déda: “Tenho o dever de aplaudir” (Fotos: Portal Infonet)
“O governo não interfere nas ações do Banese. O Estado só interfere nas políticas estratégicas do banco que está exibindo toda a saúde, sem qualquer interferência política. Hoje o Governo tem o comportamento de acionista, não interfere, não força, não pressiona”. Foi o que afirmou o governador Marcelo Déda (PT), na manhã desta quarta-feira, 16, quando da divulgação do balanço do Banco do Estado de Sergipe.

Na ocasião, Marcelo Déda destacou o trabalho do ex-presidente João Andrade e do atual, Saumíneo Nascimento. “Tenho o dever de aplaudir o trabalho dos servidores do Banese, do ex-presidente João Andrade e o do atual Saumíneo Nascimento, que buscam fazer o melhor”, ressalta,

Saumíneo Nascimento: “O banco está sólido”
comemorando a boa fase do Banco do Estado de Sergipe.

Marcelo Déda destacou a importância do Banese Card, que possui atualmente 450 mil sócios. “O Banese Card é a principal ferramenta de crédito ao consumidor. Para se ter uma idéia, um em cada quatro sergipanos possui o cartão do Banese. O crescimento do banco é notável, ontem mesmo, diretores do Sebrae nacional vieram a Sergipe para conhecer um produto do Banese, uma linha de crédito para pequenos empresários”, diz.

Com o crescimento do banco, o governador afasta a possibilidade de privatização. “Essa coisa da privatização não passa de boatos que só existem na cabeça de quem gosta de

Governador acompanhou a explanação do presidente do Banese
juntar nuvens para criar tempestades”, acredita lembrando que o banco está crescendo cada vez mais.

Crescimento

O presidente do Banese, Saumíneo Nascimento fez um balanço mostrando que o banco investiu mais de um R$ 1 bilhão na economia sergipana, acreditando na força das pequenas e microempresas. “As pequenas e microempresas representam cerca de 60% de mão de obra com carteira assinada, responsáveis pelo emprego, renda e bem-estar de milhares de sergipanos”, destaca.

“O Banese hoje é um banco sólido que vem apresentando resultados positivos em todas as áreas de atuação. Além disso, recebe dentro de suas agências, pessoas que não são correntistas para efetuar suas contas de água, luz, entre outras”, diz Saumíneo Nascimento destacando ainda a modernização tecnológica, o investimento no capital humano, a saúde dos colaboradores, recursos humanos, crédito de desenvolvimento, os canais de atendimento e proteção contra fraudes.

“Em 2010, todas as ações desenvolvidas buscaram reforçar o papel do Banese como instituição financeira genuinamente sergipana e que investe seu capital financeiro e humano exclusivamente no nosso estado”, enfatiza Saumíneo Nascimento.

Por Aldaci de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais