Governo pretende fomentar setor agropecuário

0
Belivaldo disse que a nova política agrícola do Estado vai fazer um redirecionamento do olhar, passando a apoiar também o agronegócio (Foto: ASN)

O governador Belivaldo Chagas compareceu, na ultima quinta-feira (28), à primeira edição da FJ Ringo Expo & Negócios “ExpoRingo  2019”, no Parque das Palmeiras, em Lagarto, evento que contou com a participação da ministra da Agricultura, Tereza Cristina Correia Dias. Na oportunidade, o governador disse que a nova política agrícola do Estado vai fazer um redirecionamento do olhar, passando a apoiar também o agronegócio, sem deixar de dar a sua contribuição efetiva aos pequenos produtores da agricultura familiar.

“Queremos ter um envolvimento mais direto com o agronegócio de Sergipe e de fora do estado. Vamos abrir nosso olhar para o agronegócio, que gera emprego e renda. Com certeza, Sergipe só vai sair ganhando”, ressaltou.

A ExpoRingo conta com 210 expositores e 180 estandes. Estão expondo criadores de caprinos, ovinos, equinos, bovinos, além de empresas de implementos agrícolas, insumos, instituições financeiras, imobiliárias e indústrias. O evento que prossegue até o próximo domingo, 31, conta, ainda, com exposição do artesanato sergipano e competições esportivas. O governador afirmou que a ExpoRingo é o maior evento agropecuário de Sergipe.

“Esta exposição coloca Sergipe em destaque nacional. É um dos maiores eventos do País, que se realiza num dos maiores parques de exposição do Brasil. Este espaço passa a ser uma escola de agronegócio de Sergipe”, ressaltou

O governador informou à plateia de agropecuaristas, que Sergipe perdeu a sua capacidade de investimento por conta do déficit previdenciário, que chega a R$ 100 milhões por mês. ” Precisamos apoiar o governo para que as reformas sejam feitas. Sabemos da importância do Congresso Nacional para aprovar essas reformas e também da atuação da oposição construtiva, que aponta os equívocos dos projetos”, destacou ao dizer que Sergipe precisa investir na agricultura, saúde, educação, infraestrutura para poder gerar emprego e renda.

A ministra Tereza Cristina disse que está cumprindo uma agenda pelo Nordeste por determinação do presidente, que pretende definir políticas públicas para região. De acordo com ela, o governo Federal irá abrir linhas de crédito para o agronegócio nordestino como já existem nas regiões Sul e Sudeste.

O empresário Geraldo Magela afirmou que a ExpoRingo é um marco histórico para o agronegócio sergipano. “É uma nova era para a economia e uma resposta aos desafios, mostrando vigor do segmento no estado. É uma iniciativa corajosa para que Sergipe possa se posicionar nos mercados. O evento vai promover a integração entre o esporte equestre e os negócios agropecuários”, enfatizou.

Com informações da ASN

 

Comentários