Grupo de 42 empresários do setor têxtil participa Feimaco

0

Um grupo formado por 42 empresários do ramo de confecções de Itabaianinha, Tobias Barreto, Estância e Nossa Senhora da Glória participará entre os dias 29 de março e 1º de abril da Feira Internacional de Máquinas e Componentes para a Indústria de Confecções (Feimaco). O evento, realizado no Pavilhão de Exposições do Anhenbi, em São Paulo, reunirá diversos fabricantes de produtos de alta tecnologia destinados ao corte, bordado e à costura, além de acessórios e peças.

Durante a feira, os sergipanos também terão a oportunidade de negociar e conhecer as inovações oferecidas por expositores nacionais e internacionais. Como forma de garantir a presença dos empresários no evento, o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Sergipe (Sebrae/SE) oferecerá o transporte e um serviço de consultoria durante os quatro dias do encontro. 

A missão faz parte do conjunto de ações desenvolvidas pela instituição junto ao Arranjo Produtivo Local de Confecções e Artesanato em Bordado. Para a empresária Cláudia Alves, proprietária da DK Indústria e Comércio de Confecções, em Itabaianinha, a viagem será fundamental para realizar contatos com os fornecedores, já que futuramente pretende adquirir novos equipamentos.

“Nosso setor é bastante dinâmico, por isso é preciso estar atento a todas as novidades. Em outras oportunidades firmei boas parcerias que me auxiliam até hoje no processo de produção”, diz Claudia. 

Já o empreendedor Valdemir Alves afirma que irá à Feimaco em busca de máquinas para a sua empresa. “Desejo fazer um investimento e acho que essa é uma boa chance de conhecer coisas novas. O contato com outros empresários também permite descobrir novas tendências de mercado”, explica o sócio da Boleca Indústria de Cama, Mesa e Banho, localizada em Tobias Barreto.

Força do setor 

De acordo com último balanço da ABIT (Associação Brasileira da Indústria Textil e de Confecção), o setor de confecções representa 3,5 % do PIB brasileiro e deve ter fechado 2010 com faturamento na ordem de R$ 51 bilhões. Esse mercado destaca-se com importantes números no quesito geração de empregos, são 1,7 milhão de empregados, dos quais 75% mão-de-obra feminina e o segundo lugar na geração do primeiro emprego. 

Feimaco

A Feira Internacional de Máquinas e Componentes para a Indústria de Confecções
reúne diversos lançamentos de alta tecnologia em máquinas para modelagem, corte, costura, bordados, passadoria, como também seus componentes, acessórios, partes e peças. Será um grande palco de negociação e apresentações de novidades tecnológicas para expositores nacionais e internacionais.
 

Organizada e promovida pela Reed Exhibitions Alcantara Machado, a 6ª edição da FEIMACO conta com ampla variedade de expositores. A Feira leva ao público a oportunidade de fazer negócios em um dos mercados mais tradicionais da economia brasileira. Para Giuseppe Tropi Somma, proprietário da CAVEMAC, empresa líder no segmento de peças e acessórios, e Presidente da  Associação Brasileira da Industria e Comércio de Máquinas para Costura Industrial, Componentes, Acessórios e Sistemas, o setor de confecções mantém um crescimento latente. “Com mais de 30 anos de atuação no ramo, posso garantir que este setor está sempre crescendo. Quando surge o desemprego ou a família precisa de um dinheiro extra, mais rápido, é na máquina de costura que vão buscar essa renda”, destaca Giuseppe.

Fonte: Sebrae

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais