Parte da garagem da Bomfim vai a leilão novamente

0
TRT realizará o leilão da garagem da Bomfim localizada no bairro Amércia (Foto: arquivo Portal Infonet)

O Tribunal Regional do Trabalho da 20ª Região (TRT20) realizará, no próximo dia 18 de dezembro, Leilão Extraordinário em que será colocado para arremate parte da garagem do Grupo Econômico Bomfim (processo 020002-20.2014.5.20.0001). O bem, que fica na Avenida 31 de Março, bairro América, em Aracaju, está avaliado em R$ 28.545.130. O lance mínimo deve ser de 30% do valor do imóvel, ou seja, R$ 8.563.539. Antes, só seriam aceitas ofertas a partir de 50% do valor de avaliação.

O leilão acontecerá no auditório do TRT20, às 8h30, nos modos presencial e eletrônico. Aqueles que quiserem comparecer ao local do evento devem fazer o cadastro no dia, apresentando carteira de identidade e CPF, ou procuração, se for o caso. Já os interessados em participar via online precisam se cadastrar, com antecedência mínima de 24h, no site www.lancese.com.br. Em ambos os casos, o cadastro é gratuito.

No leilão, o arrematante deverá pagar, a título de sinal, o valor mínimo de 30% do lance, além da comissão do leiloeiro, que é de 5% do valor de arremate. Esta é a terceira vez que esse bem da Bomfim é levado a leilão. Na primeira, dia 24 de setembro, e na segunda, dia 26 de novembro, não houve lances.

Penhora de bens para pagamento de dívidas

O Grupo Econômico Bomfim é composto por diversas empresas, sendo muitas do segmento de transporte público. Com a paralisação das atividades das empresas do grupo e o não pagamento das dívidas trabalhistas de centenas de funcionários, o TRT20 decretou, em outubro, indisponibilidade de todos os bens do grupo, bem como dos bens de seus sócios. Isto significa que está proibida a alienação ou repasse de bens para terceiros até o pagamento total das dívidas.

O terreno da garagem foi dividido em três partes para facilitar a venda. Até o momento, apenas uma delas foi arrematada em leilão, garantindo a quitação de 10% do valor da dívida do grupo econômico, que já supera os R$ 50 milhões. A Fazenda Boa Luz e as outras duas partes da garagem continuam penhoradas.

Fonte: TRT

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais