Salário mínimo não supre despesas

0

Com base no maior valor apurado para a cesta básica e levando em consideração a determinação constitucional que estabelece que o salário mínimo deveria suprir as despesas de um trabalhador e sua família com alimentação, moradia, saúde, educação, vestuário, higiene, transporte, lazer e previdência, o Dieese estima mensalmente o salário mínimo necessário.

Para julho, o valor calculado corresponde a R$ 1.994,82, ou 4,29 vezes o mínimo em vigor, de R$ 465,00.  Em junho, o mínimo necessário chegava a 2.046,99 (4,4 vezes o valor vigente), e em julho de 2008 o piso deveria atingir R$ 2.178,30, o maior valor calculado pelo Departamento.

Para adquirir o conjunto de bens essenciais, o trabalhador sergipano remunerado pelo salário mínimo necessitou cumprir, em julho, uma jornada de 82 horas e 04 minutos, pouca coisa menor que a exigida em junho (83 horas e 26 minutos). Em relação a julho de 2008, porém o tempo necessário é muito menor, pois há um ano chegava a 104 horas e 14 minutos.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais