Sedetec incentiva micro empresas a fornecerem para a Petrobras

0

As micro e pequenas empresas de Sergipe possivelmente nunca imaginaram vender os seus produtos para a Petrobras, mas esse sonho está prestes a se tornar realidade graças a nova modalidade de “Compras por Catálogo”, que será lançada em breve no Estado. Trata-se de uma ferramenta que irá simplificar e facilitar a realização de parcerias comerciais com os pequenos empreendimentos.

Um bom exemplo de valorização dos micro e pequenos empresários já é dado pelo Governo do Estado, que privilegia este tipo de empresa nas suas compras. Além de apoiá-las através da coordenação do Fórum das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte de Sergipe, feita pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, da Ciência e da Tecnologia (Sedetec). “Incentivamos essa iniciativa, por isso estamos ajudando na divulgação. É uma oportunidade importante porque não tem burocracia. Acreditamos que irá auxiliar bastante à categoria”, destaca Floro França, técnico da Sedetec.  

Compras por Catálogo

Com o objetivo de divulgar a nova modalidade junto às empresas sergipanas, será realizado no próximo dia 12 de abril, no auditório do Sebrae, o seminário “Compras por Catálogo”. Segundo Ana Nunes, consultora do Sebrae e coordenadora do projeto Petróleo e Gás em Sergipe, essa iniciativa irá possibilitar uma venda para a estatal de até R$ 4 mil de produtos por nota fiscal, ainda que o valor total da compra seja ilimitado.

“As micro e pequenas empresas sergipanas têm que primeiro estar cadastradas no portal de fornecedores da Petrobras. Por isso, durante o seminário haverá oficinas de orientação sobre como realizar o cadastro. A proposta é informar como funciona a nova modalidade de compras da Unidade Operacional da estatal em Sergipe. A segunda etapa é disponibilizar o catálogo dos seus produtos no portal e atualizá-lo constantemente”, informa Ana Nunes.

A consultora ressalta que os empresários não precisam ficar preocupados com os preços ficarem expostos no portal. “O próprio sistema faz o cruzamento das informações e o comprador só tem acesso ao menor preço”, explica Ana, avisando que não há limite do número de empresas participantes.

Os segmentos que poderão participar do “Compras por Catálogo” em curto prazo são: material de construção, material de escritório, ferragens, ferramentas, eletrodos, tintas, parafusos, baterias, material de informática, material elétrico, mangueiras, pneus, rolamentos, alimentos, plásticos, medicamentos, correias, retentores, materiais de refrigeração, descartáveis, água mineral e sobressalentes. 

Fonte: Ascom Sedetec 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais