Sergipe tem o quinto metro quadrado mais barato do país

0

O INCC (Índice Nacional da Construção Civil), calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) em convênio com a Caixa Econômica Federal, apresentou no último dia 7 que Sergipe possui o quinto metro quadrado mais barato do Brasil sendo R$ 533,97. O maior é o de Roraima com R$ 690,48 e o mais barato o do Piauí com R$ 506,14.

O resultado nacional teve variação de 0,90% em maio e avançou 0,49 ponto percentual em relação a abril (0,41%). O saldo foi pressionado pelos reajustes salariais ocorridos em vários Estados. 

O custo nacional por metro quadrado passou de R$ 580,75 em abril para R$ 585,96 em maio, sendo R$ 335,94 relativos aos materiais e R$ 250,02 à mão-de-obra.

A parcela dos materiais teve variação de 0,13% em maio, contra 0,36% de abril. A mão-de-obra avançou 1,48 ponto percentual, passando de 0,46% em abril, para 1,94% em maio. Os índices acumulados foram, no ano, de 1,68% (materiais) e 3,91% (mão-de-obra) e, nos últimos 12 meses, de 4,40% (materiais) e 6,24% (mão-de-obra).

Veja o custo médio da construção civil por Estado (metro quadrado):

Piauí – R$ 506,14

Espírito Santo – R$ 520,46

Rio Grande do Norte – R$ 523,69

Rondônia – R$ 527,18

Sergipe – R$ 533,97

Pernambuco – R$ 535,69

Goiás – R$ 536,80

Paraíba – R$ 537,07

Ceará – R$ 541,05

Mato Grosso – R$ 547,02

Pará – R$ 550,65

Mato Grosso do Sul – R$ 551,54

Maranhão – R$ 554,84

Minas Gerais – R$ 556,02

Acre – R$ 556,99

Amapá – R$ 569,34

Santa Catarina – R$ 574,66

Rio Grande do Sul – R$ 576,21

Bahia – R$ 577,95

Paraná – R$ 579,98

Tocantins – R$ 586,97

Alagoas – R$ 588,89

Amazonas – R$ 594,69

Distrito Federal – R$ 608,80

São Paulo – R$ 651,27

Rio de Janeiro – R$ 659,08

Roraima – R$ 690,48

Com informações do IBGE

Comentários