Sindipetro pedirá apoio de políticos contra a hibernação da Fafen

0

 

Fafen Sergipe(Foto: Facebook/Fafen)

O Sindicato Unificado dos Trabalhadores Petroleiros, Petroquímicos, Químicos e Plásticos nos Estados de Alagoas e Sergipe (Sindipetro) vai pedir o apoio de deputados e vereadores de Sergipe para reverter a hibernação da Fafen.

Fórum em Defesa da Fafen – liderado pelo Sindipetro – vai buscar apoio de políticos (Fotos: Portal Infonet)

O Fórum Sergipe em Defesa da Fafen, deverá a partir desta segunda-feira, 11, mobilizar deputados e vereadores para que levem à Assembleia Legislativa e a Câmara Municipal de Aracaju as discussões acerca da hibernização da Fafen e suas consequências econômicas e sociais para Sergipe.

“Queremos o apoio de todos os partidos e parlamentares. Tenho certeza absoluta de que seremos bem recebidos e que essa luta também vai ser acolhida na Alese. Mesmo porque, alguns deputados, como Iran Barbosa, nos afirmou que na Assembleia ninguém vai deixar de apoiar a luta pela Fafen. Tenho certeza também que na Câmara de Vereadores de Aracaju, isso é unamidade, assim como é na Prefeitura de Laranjeiras e de todos os municípios do Vale do Cotinguiba e do Vale do Japaratuba”, explica Edivaldo Leandro, diretor do Sindipetro e integrante do Fórum Sergipe em Defesa da Fafen.

Fórum está mobilizando diversos setores da sociedade

Ainda de acordo com Edivaldo Leandro, é grande a expectativa é de que as discussões torno da hibernização da Fafen Sergipe cheguem ao Senado e à Câmara Federal. Essa luta cresceu. O deputado Fábio Reis já levou essa discussão para a Câmara e “intimou” o deputado Rodrigo Maia, que preside a casa, a fazer o fórum discutindo a situação da Fafen. Também já existe uma frente parlamentar com partidos de esquerda com o mesmo objetivo. Além disso, o ex-senador Eduardo Amorim já tinha levado o assunto em audiência pública no Senado, quando os demais senadores foram unanimes em não concordar com a hibernação da Fafen. Atualmente, o senador Rogério Carvalho está nessa luta e o senador Alessandro Vieira fará uma reunião com a sociedade para buscar subsídios que auxiliem nessa discussão”, detalha.

Edivaldo ressaltou que o Governo do Estado também está atuando na mobilização contra o fechamento da Fafen. “O Governo deu o ponta pé inicial de uma série de ações jurídicas para mostrar que a Fafen é totalmente viável e rentável”, complementa.

Para o integrante do Fórum, a mobilização está crescendo, deixando de ser uma luta do Sindipetro para se tornar uma luta da população sergipana. “A população de Sergipe está começando a participar. Na semana, passada, por exemplo, fizemos fórum com vereadores, deputados federais e partidos. A cada dia que passa, a gente sente que autoridades e população sergipana, por meio de suas entidades, estão se envolvendo com a discussão, reforçando o que gente dizia no início, que a luta da Fafen não é dos petroleiros ou do Sindipetro, mas do povo sergipano e brasileiro”, opina.

Na visão do Sindipetro, é clara a intenção do Governo Federal em hibernizar a Fafen para posteriormente viabilizar sua venda à iniciativa privada. Situação, que para o sindicalistas, pode ser evitada, pois há meios de tornar a fábrica economicamente vantajosa. “Temos que revitalizar e investir para duplicar a produção da Fafen. Até mesmo porque somos importadores dos derivados e temos que conseguir autonomia na produção de fertilizantes nitrogenados”, conclui.

 

por Verlane Estácio

Comentários