2ª dose: antecipação da vacina para professores já está em discussão

0
Professores solicitaram antecipação da aplicação da segunda dose (Foto: SES)

Um dos pedidos dos professores da rede pública de ensino à Secretaria de Estado da Educação (Seduc), após o anúncio do Governador do Estado sobre o retorno das aulas presenciais, é a antecipação da aplicação da segunda dose da vacina da covid-19 nos profissionais de educação. A ideia é que no retorno as escolas, os trabalhadores estejam com o esquema vacinal completo.

Na semana passada a Seduc fez uma reunião com os diretores das regionais para alinhar o pedido de antecipação da segunda dose à Secretaria de Saúde. A Seduc informou que enviou um ofício a SES perguntando sobre a possibilidade da antecipação da imunização, e aguardam resposta.

O Portal Infonet entrou em contato com a SES que informou que ainda não tem definição sobre a antecipação, mas já tem iniciada a discussão sobre a possibilidade de redução do intervalo entre a aplicação das doses das vacinas contra Covid-19 da AstraZeneca.

De acordo com a SES, o prazo recomendado pelo Ministério da Saúde para aplicação das vacinas da AstraZeneca é de 12 semanas (três meses). A Secretaria de Saúde vê com cautela a discussão uma vez que pesquisas indicam que a vacina tem eficácia maior quanto mais longo o prazo entre as duas doses.

Por Karla Pinheiro

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais