Atividades presenciais na UFS permanecem suspensas até 30 de junho

0
(Foto: Arquivo Portal Infonet)

Considerando a situação de emergência em saúde pública devido à Covid-19 e os últimos decretos estaduais a respeito do tema, a Universidade Federal de Sergipe prorrogou até 30 de junho os efeitos de portaria anterior que suspendeu as atividades acadêmicas presenciais e deu outras providências quanto ao enfrentamento do novo coronavírus.

A prorrogação, que se deu por meio da Portaria 414/2020/GR, publicada hoje, 27, e abrange o Colégio de Aplicação e os cursos de graduação e pós-graduação stricto sensu e lato sensu dos seis campi da instituição.

Calendário acadêmico

Os calendários acadêmicos sofrerão os ajustes necessários em conformidade com o replanejamento das unidades ou após o término da situação de emergência de saúde pública por causa da pandemia.

O pró-reitor de Graduação, Dilton Maynard, explica que, “a Prograd está trabalhando com vistas a diminuir, na medida do possível, os impactos que a suspensão das atividades geraram para os alunos. Além de já termos oficializado hoje a possibilidade de colação de grau não presencial, estamos trabalhando com a possibilidade da oferta de um período especial com disciplinas oferecidas remotamente, atendendo a pedidos de docentes e departamentos, e após reuniões com diretores de Centro.”

Comitê

O Comitê de Prevenção e Redução de Riscos frente à infecção pelo Coronavírus da Universidade Federal de Sergipe continua em atividades, buscando monitorar os riscos para a comunidade universitária e possíveis impactos a toda a população, além dos parâmetros estabelecidos pelo Ministério da Saúde e, assim, subsidiar as tomadas de decisões pela gestão e a segurança da comunidade.

Para mais informações, acesse: coronavirus.ufs.br.

Fonte: UFS

Comentários