Concurso: MPE e Sintese ainda não falam sobre liminar

0

Fausto Valois

O promotor de Justiça, Fausto Valois, autor da ação que solicita o cancelamento do concurso para o magistério do Estado, disse que ainda não iria se pronunciar sobre a decisão negando a liminar que pedia sua suspensão. “Eu ainda não tenho conhecimento do teor da decisão e preciso analisá-la para poder decidir o que iremos fazer”, diz.

O juiz Raphael Silva Reis negou nesta quinta-feira, 22, o pedido de liminar ingressado pela Promotoria de Justiça de Proteção e Defesa dos Direitos da Educação, que pedia a anulação do contrato com a Fundação Carlos Augusto Bittencourt (FUNCAB), suspendendo a realização do concurso para o magistério.

Na decisão, o juiz alega que a empresa tem experiência e aptidão técnica para realizá-lo e também ressalta a demanda de professores no magistério.

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Sergipe (Sintese) informou que estarão se reunindo para avaliar esta decisão, mas só irão se pronunciar depois do Ministério Público do Estado.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais