Jovens demostram desejo de aliar empreendedorismo à sustentabilidade

0
Evento ocorreu na praça General Valadão (Foto: Portal Infonet)

Alguns jovens de três colégios públicos do estado e do Centro Brasileiro de Cursos (Cebrac) se reuniram na praça General Valadão na tarde desta sexta-feira, 23, para compartilhar ideias e projetos de como pensar em empreender tendo como objetivo o desenvolvimento sustentável. O encontro fez parte da Feira Nacional de Empreendedorismo, organizada pelo Cebrac.

Jéssica Moura, assessora do evento (Foto: Portal Infonet)

“Esse evento é uma espécie de vitrine para que as ideias sustentáveis dos alunos possam ser vistas pela população”, destaca Jéssica Moura, assessora de comunicação do evento. Ela conta que o evento começou a ser idealizado em junho deste ano, quando os alunos tiveram liberdade para escolher um tema para o projeto que mais lhe agradasse. “A partir da escolha do tema pelos alunos nós fizemos uma ficha de inscrição. Posteriormente montamos uma banca avaliativa para analisar a viabilidade ou não do projeto escolhido”, resume.

A assessora também destaca o quão importante é a participação dos jovens para se pensar os modos e mecanismos de atuação na sociedade para diminuir os impactos ambientais. “Aqui eles promovem um ótimo intercâmbio de ideias e soluções para auxiliar os meios necessários de como adquirir uma consciência ativa de sustentabilidade”, avalia. Ainda de acordo com Jéssica, 13 empresas, dos mais diversos segmentos, desde alimentícios até tecnológicos, contribuíram com ideias relevantes de sustentabilidade para compor o evento.

Pensando no amanhã 

As amigas Izadora Carvalho e Nicole Rosa decidiram criar um projeto de uma empresa de artesanato sustentável para trazer prestígio aos objetos que são frequentemente descartados pela maioria das pessoas. Ambas confeccionaram porta-trecos, porta-retratos, abajures, lixeiros, dentre outros itens, a partir da reciclagem de copos descartáveis, panfletos, papelão e jornais. “É imprescindível que a gente se preocupe com o desenvolvimento sustentável. O nosso futuro passa pelo que nós fazemos hoje. Precisamos cuidar da natureza”, diz Izadora, de 14 anos.

Nicole Rosa (à esquerda) e Izadora Carvalho ( à direita) (Foto: Portal Infonet)

Nicole, de 15 anos, também tem o mesmo pensamento da amiga e procura desenvolver os artigos de artesanato a fim de promover uma mudança em relação ao modo como muitos enxergam a reciclagem e o meio ambiente. “Queremos passar para o nosso consumidor um produto de qualidade. Para que o artesanato possa ser visto com um produto de muita inspiração”, destaca.

por João Paulo Schneider 

Comentários