50% desistem da academia nos 3 primeiros meses

0

50% abandonam academia, diz estudo
Praticar exercícios na academia, apesar dos comprovados benefícios à saúde e à estética, não é um programa tão agradável aos olhos de grande parte das pessoas que se propõem a freqüentá-la. De acordo com pesquisa de um instituto que reúne academias americanas, o IHRSA, mais de 50% dos alunos desistem antes de completar três meses de atividades.

É o que acontece com a universitária Laíse Gondim. Sua relação com as academias de ginástica é baseada em inúmeros abandonos de aulas, justificados pelos mais diversos motivos. “Uma vez saí porque estava indo sozinha, aí ficava desanimada. Depois o problema era acordar cedo, e quando

Malhar é desafio para Laíse
transferi pra tarde sempre deixava para ir a noite e muitas vezes não dava”, explica.

Laíse conta que quando estava determinada a perder peso fechava um pacote com a academia por três meses e pagava adiantado na tentativa de ficar mais estimulada a malhar. “Mas quando passava do primeiro mês e começava a rotina de exercícios eu parava de ir porque, mesmo que continuasse, estaria jogando dinheiro fora”, fala.

Não é uma receita de bolo

O plano trimestral nas academias citado por Laíse pode até fazer com que o aluno dê continuidade aos exercícios, mas

ainda não é o suficiente segundo o dono de uma badalada academia de Aracaju, Marcos Silveira. “É necessário, no mínimo, um trabalho de seis meses. Muitos querem receita de bolo: em pouco tempo querem ter corpo de capa de revista, e não é assim”, diz.

Por isso, em mais ou menos dois meses, os alunos abandonam as aulas. Esses e outros pensamentos do aracajuano comprovam o resultado da pesquisa do IHRSA na capital sergipana, segundo Marcos. “A consciência corporal em Aracaju é baixa. As pessoas precisam encarar a academia também como saúde, e não apenas como estética”, aconselha.

Ventilação do local é um dos fatores que merecem atenção
Para não amolecer diante da esteira e do supino reto, o Portal Infonet com a ajuda do Conselho Regional de Educação Física em Sergipe (CREF-SE) elaborou uma lista com cinco dicas para você não abandonar a academia.

Cinco dicas para não abandonar a academia

1 – Escolha uma academia perto de casa para que a preguiça não te vença. Não se importe muito com a sofisticação do ambiente, analise apenas as condições dos equipamentos, a formação dos profissionais que ali trabalham e a ventilação do lugar.

Diversificar as atividades é alternativa
2 – Procure um médico antes de entrar na academia ou, ao menos, faça uma avaliação física para evitar dores corporais que desestimulam um bocado.

3 – Estabeleça um horário fixo para malhar e não encare como um momento de folga, mas sim como mais um compromisso na sua agenda do dia.

4 – Com a ajuda do instrutor da academia, faça um mix de atividades para evitar a rotina e a monotonia que aparece quando a academia se resume apenas a musculação ou aeróbica, por exemplo.

5 – Não vá sozinho à academia. Procure companhia, mas mesmo se não conseguir, se matricule e procure fazer amizades lá. Será um estímulo a mais.

Por Glauco Vinícius

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais