Federação de Remo lança aqui o projeto Remo Vivo na Escola

0

Tendo como principal objetivo iniciar um processo de participação, do jovem com idade entre 12 e 17 anos, na prática do remo, transformando-os em atletas e remadores do futuro, a Federação Sergipana de Remo estará lançando em Aracaju, nos próximos dias, o “Projeto Remo Vivo na Escola”. Segundo o professor George Oliveira, presidente da Federação Sergipana de Remo, o projeto é um similar do que se desenvolve em nível nacional, através de Confederação Brasileira de Remo e contará com a participação de alunos das redes pública e particular de ensino, com o apoio da iniciativa privada. – O projeto terá a duração de quatro meses e como a FSR, não dispõe de recursos próprios, nos vamos entrar em contato com os diretores de colégio da rede particular e algumas entidades da iniciativa privada, objetivando assim, angariar recursos, para as despesas básicas do projeto, como pagamento do instrutor”, disse George Oliveira, acrescentando que em quatro meses, os jovens atletas estarão habilitados à prática dos esportes náuticos, “resgatando assim, a história do remos sergipano”, concluiu George. O presidente George Oliveira estará visitando nos próximos dias, unidades de ensino da rede oficial como os colégios Tobias Barreto, Dom Luciano, Castelo Branco, Ateneu, José Franklin, Paulo Nascimento, Petrônio Portela, Leonor Teles, General Valadão, 17 de Março, Jackson de Figueiredo, Presidente Médici, Gonçalo Rollemberg, Valnir Chagas e Monteiro Lobato. Da rede particular serão visitados os colégios Arquidiocesano, Ofenísia Freire, COESI, CCPA, Unificado, St. Luis, Dinâmico, São Paulo, Amadeus, Cidade, Pio Décimo, Salesiano, Purificação, Tiradentes, Módulo, Salvador, Jardins, Militar, Águia, Atlântico e Nobel.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais