Olímpiadas Escolares 2012 é encerrada no Mato Grosso

0
Foto: Divulgação

O paulista Douglas Ribeiro, da Escola Estadual Monsenhor Magi, de Americana (SP), venceu a prova de estrada na manhã deste domingo, dia 2, no encerramento do ciclismo das Olimpíadas Escolares Cuiabá 2012, categoria 15 a 17 anos. Ele completou 14 voltas no circuito de 2,6 km montado na Avenida Beira Rio em 56min37s886. A prova contou com 41 atletas de 22 estados brasileiros.

Atual número 1 do ranking nacional Júnior (até 18 anos), Douglas faz parte da Seleção Brasileira de ciclismo desde o início do ano e faz parte da equipe UCI Iracemápolis, de São Paulo. No Campeonato Pan-americano da categoria, disputado em abril, na Guatemala, ele foi o brasileiro com a melhor colocação, quarto na corrida por pontos.

“Consegui a vaga na seleção depois da minha atuação na Volta do Futuro. Disputei depois o Brasileiro Júnior de pista, em Maringá (PR), onde conquistei três ouros, na prova por pontos, prova olímpica e no contra relógio, e duas medalhas de prata. Para o próximo ano espero continuar na seleção e, quem sabe, representar o Brasil no primeiro Mundial”, disse o jovem de 17 anos, nascido em Guararapes (SP), mas que vive na cidade de Iracemápolis, sede de uma das principais escolas do ciclismo nacional.

Mais jovem atleta entre os dez primeiros colocados da prova, o sergipano Breno Santos, do Colégio Estadual Professor Joaquim Vieira, de Aracaju (SE), ficou com a medalha de prata, a 0s460 do líder. “Tentei partir pra cima do campeão brasileiro e não consegui. Paciência. Se você não pode vencê-lo junte-se a ele”, brincou o jovem de 15 anos. “Não perdi o ouro, conquistei a medalha de prata, que é muito mais do que eu imaginava. No próximo ano (em Belém 2013), meus dez maiores adversários sobem de categoria então acho que posso voltar às Olimpíadas Escolares e conquistar mais alguns pódios”, projetou Breno.

O medalhista de bronze também comemorou a sua conquista como se fosse um título. O cearense Mikael Gonzaga, do Colégio Estadual Liceu de Maracanaú (CE), finalmente conseguiu um lugar no pódio após três participações nas Olimpíadas Escolares.

“Essa é a primeira medalha do ceará no ciclismo. Foi uma prova muito concorrida com a elite do ciclismo nacional. Estou muito feliz”, disse o jovem de 16 anos, campeão do Troféu Norte-Nordeste do ano passado, e que ainda está pagando pela bicicleta usada em Cuiabá. “Foi um ótimo investimento. Comprei em dez vezes e só paguei cinco até agora. Meu pai, que também é ciclista, é que me ajuda a manter esse meu sonho”.

Também veio do ciclismo a primeira medalha do Acre nas Olimpíadas Escolares 2012. Sábado, o jovem Felipe Bastos, do Instituto de Educação Lourenço Filho (IELF), de Rio Branco (AC), ficou com a medalha de prata no critério final.

“Representar o meu estado é sempre um motivo de alegria. Foi uma prova difícil, com ritmo alto, mas consegui me sobressair. Essa foi a minha segunda Olimpíada Escolar e na primeira, no ano passado, meu melhor resultado foi a 12ª colocação no contra relógio. Isso prova que estou no caminho certo”, disse o jovem de 17 anos que é fã do ciclista britânico Mark Cavendish.

No pódio armado dentro do Centro de Convivência, os atletas receberam as medalhas das mãos do secretário de Estado de Esportes e Lazer de Mato Grosso, José de Assis Guaresqui; e do Diretor Geral das Olimpíadas Escolares, Edgar Hubner.

As Olimpíadas Escolares são organizadas e realizadas pelo Comitê Olímpico Brasileiro, correalizadas pelo Ministério do Esporte e Organizações Globo e apoio da Prefeitura Municipal de Cuiabá e Governo do Estado de Mato Grosso.

Fonte: COB/Divulgação

Comentários