Sergipe perde para o Criciúma na repescagem

0

Na primeira partida da repescagem do Campeonato Brasileiro da Série B, o Sergipe perdeu para o Criciúma por 3 a 1, nessa quinta-feira, no estádio Eriberto Hulse. Nilson marcou o único gol do time rubro, enquanto que Maiko Librelato, Ernestina e Cristian fizeram para os catarinenses. A segunda partida entre as duas equipes está marcada para o próximo domingo, às 16h30min, no Batistão. O Sergipe precisa vencer por uma diferença de dois gols para permanecer na Série B, caso contrário será rebaixado para a Série C. O árbitro paulista Anselmo da Costa expulsou um jogador de cada time – o lateral-esquerdo Alonso do Criciúma e o meio campista Nilson, ambos por entrada violenta no adversário. No final do jogo, Nilson, após uma jogada violenta, também foi expulso pelo árbitro paulista.
REPESCAGEM – No outro jogo da repescagem, a Tuna Luso derrotou o Malutrom por 1 a 0, no Estádio Evandro Almeida. O time joga agora por um empate no jogo de volta para permanecer na Série B. Analdo, com um forte chute, foi o autor do gol da vitória aos 36 minutos do primeiro tempo. O jogo foi realizado mesmo com o ABC conseguindo, no início da tarde, uma liminar na Justiça Comum que paralisava a competição, já que ainda luta para que o Sampaio Corrêa perca os pontos nas partidas em que utilizou o jogador Douglas de forma irregular.
CRICIÚMA – Roberto, Robson, Valter, Luciano e Alonso; Dione, Edinho, Paulo César (Ernestina) e Jeferson Feijão; Maiko Librelato (Bruno) e Carlos Henrique (Cristian), com o técnico Cuca.
SERGIPE – Aloísio, Adeildo (Gilson Costa), Rogério, Luisinho, Miguel Riela e Eduardo; Junior Maranhão, Hamilton e Nilson; Edvan (André Veiga) e Naílson (Aílton), com o técnico Elenilson Santos.
CARTÕES VERMELHOS – Alonso e Nilson.
CARTÕES AMARELOS – Luisino, Nilson, Edinho e Maiko Librelato.
ÁRBITRO – Anselmo Costa (SP).

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais