Taekwondo: atleta de SE sonha com vaga nas Olimpíadas

0
Tarcísio Ramses está entre os 100 melhores do mundo na categoria 68 kg (Fotos: arquivo pessoal)

De volta ao Brasil após período de seis meses treinando e competindo na Espanha, o atleta sergipano faixa preta de taekwondo, Tarcísio Ramses aos 27 anos, se prepara para voltar a disputar o campeonato brasileiro de taekwondo, título que ainda não tem. Na Espanha, Tarcísio foi campeão do Open Internacional de Marina D’or, conquista com sabor especial pelo prêmio de melhor desempenho técnico da competição. Faturou ainda a medalha de prata no Open Internacional de Plasência, e participou de outras competições nível mundial e olímpico, que elevaram sua pontuação no ranking internacional e o mantém entre os 100 melhores atletas do mundo na categoria até 68 kg.

Em terras sergipanas, o atleta já tem data para voltar à Espanha, dezembro. Ele afirma que o período no Brasil será de muito treino e competição. O primeiro desafio é já neste mês, no campeonato estadual de taekwondo que ocorre no dia 25. “É uma preparação para a disputa do brasileiro, e que este ano chego muito forte e mais completo tecnicamente”, pontua Tarcísio. O sergipano se refere à disputa do Campeonato Brasileiro de Taekwondo que ocorre em Agosto no Maranhão.

Tarcísio já conquistou diversos títulos

A oportunidade de treinar na Espanha coincide com o principal objetivo de Tarcísio: representar o Brasil nas Olimpíadas de 2016. O atleta viajou num momento em que ocupava a 6º posição no ranking nacional, mas sua intenção é elevar sua pontuação no ranking olímpico através da disputas nas competições internacionais e mundiais para ir em busca da vaga nas Olimpíadas. “Eu já vinha me destacando aqui, mas para conquistar a vaga nas olimpíadas eu precisava competir a nível internacional. Foi lá que meu nível técnico aumentou consideravelmente, estou mais estratégico, inteligente taticamente e pronto para as próximas competições. Não garanto que estarei nessas Olimpíadas, mas as vagas estão aí e o atleta mais competente será contemplado”, conta.

Há pouco mais de um ano para as Olimpíadas de 2016, Tarcísio já traçou seus próximos grandes desafios para tentar cravar vaga na delegação brasileira de taekwondo. Um bom desempenho na disputa internacional do Open da França em fevereiro e Open da Espanha pode ser a alavanca para alcançar o objetivo de disputar a Olimpíada. Por isso, o atleta tem treinado todos os dias na semana mesclando aeróbico, físico, funcional e até ciclismo.

Tarcísio foi campeão do Open Internacional de Marina d’or

O atleta fala com orgulho de como tem representado Sergipe na Europa, e pensa em proporcionar a oportunidade que teve para outros atletas brasileiros com a realização do seu novo projeto, uma academia que está sendo aberta em parceria com outro brasileiro na Espanha. “Pra mim é muito gratificante ter meu nome como referência para atletas daqui, se sem dúvidas representar Sergipe na Espanha é sinal de muito orgulho. Minha terra, minha origem, sinto-me muito honrado”, enaltece.

Tarcísio mesmo passando períodos na Europa, mantém uma academia no Conjunto Santa Tereza, zona sul de Aracaju. Sobre os desafios futuros, o atleta garante: “ainda tenho muito que ganhar tecnicamente falando. Meus alunos aqui, por exemplo, nesse retorno da Espanha eles já estão me olhando diferente. Atletas de outras academias vêm me procurar para treinar, e o melhor de tudo isso, eles estão absolvendo as técnicas que aprendi lá. Ou seja, o nível técnico do estado tem aumentado”, exalta.

Por Ícaro Novaes e Verlane Estácio

Comentários