Caça-Fantasmas: MP denuncia seis pessoas

0
MPE fez nova denúncia (Foto: arquivo Portal Infonet)

O Ministério Público do Estado de Sergipe (MPE/SE) divulgou nesta sexta-feira, 13, que ajuizou uma nova denúncia no âmbito da Operação Caça-Fantasmas, apontando mais seis supostos servidores fantasmas, que eram lotados no gabinete do ex-vice-prefeito de Aracaju, José Carlos Machado.

De acordo com o MPE, os gestores responsáveis pelas nomeações, o ex-prefeito João Alves Filho, o ex-vice-prefeito José Carlos Machado e a ex-secretária de Governo, Marlene Calumby, foram denunciados novamente. A denúncia também envolve os nomes de seis pessoas, acusadas de terem sido funcionários ‘fantasmas’.

O advogado Cristiano Cabral, que faz a defesa de João Alves Filho, informou que o ex-prefeito ainda não foi citado para que se pronuncie oficialmente sobre o caso. O advogado revelou que após a citação, irá avaliar o processo e fazer a manifestação.

O Portal Infonet também conversou com o ex-vice prefeito José Carlos Machado, que também informou não ter sido notificado da nova denúncia.  Machado garantiu que vai se manifestar logo após ter aos autos.

Tentamos contato com a defesa de Marlene Calumby, mas sem sucesso. A equipe de reportagem permanece à disposição por meio do telefone (79) 2106 8000.

Caça-Fantasmas

A operação Caça-Fantasmas investiga a contratação de servidores fantasmas na gestão de João Alves Filho na Prefeitura de Aracaju.  38 pessoas já haviam sido denunciadas, entre elas, o ex-prefeito João Alves Filho (DEM), o ex-vice José Carlos Machado (PSDB), a ex-secretária de Governo Marlene Alves Calumby e o  ex-vereador Agamenon Sobral (PP).

por Verlane Estácio

com informações do MPE

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais