Câmara realiza sessão especial em homenagem ao Dia do Jornalista

0

Ocupando a tribuna da câmara na sessão especial da última segunda-feira, 6, em  homenagem ao Dia do Jornalista, que será comemorado nesta terça-feira, 7, o presidente do  Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Sergipe (Sindijor/SE),  George Washington,  fez um relato da importância da categoria no dia a dia da sua atividade. Apesar da responsabilidade, de acordo com o sindicalista, a categoria está vivendo a incerteza  da sua valorização, já que no momento o Superior Tribunal Federal (STF) tenta dispensar a exigência do diploma de nível superior para o exercício da profissão.

O vereador Elber Batalha Filho foi o autor do requerimento. Em seu discurso, Elber disse que essa sessão especial foi uma forma de reconhecer a valorosa contribuição que o jornalismo dá a democracia, trazendo à tona os anseios do povo. “Muitas vezes, existem rugas quanto às críticas tecidas pelos jornalistas, mas até as criticas são favoráveis. Hoje, a intenção é que os jornalistas usem a tribuna para debaterem seus anseios, já que essa classe diariamente leva a todos nós os problemas da sociedade. Hoje é a nossa vez de darmos espaço para que os jornalistas falem”, disse.

Segundo Washington, como se não bastasse o constrangimento de receber como salário, o menor piso do Brasil,  de ser forçado  a trabalhar em várias empresas  por conta dos baixos salários,  a categoria sofre com esta ameaça que tenta a todo custo desqualificá-la, numa decisão que, se aprovada, vai  acabar com a qualidade da informação e nivelar por baixo, profissionais que apesar de importantes não têm espaço  para externar  os seus problemas nos meios de comunicação.

“Apesar desta falta de reconhecimento da importância  do nosso trabalho, tenho a esperança de que sairemos vencedores. Uma  recente pesquisa  feita pela Fenaj,  74% da população defende a exigência do diploma e isto nos deixa na expectativa de que venceremos mais esta batalha e teremos o reconhecimento de tudo que representamos para a democracia”, argumentou.

Fonte: CMA

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais