Empresários acusados de desvio de recursos em Lagarto se apresentam

0

Os empresários Joel do Nascimento Cruz e Gildo Pinto dos Santos, acusados de envolvimento no suposto esquema para desviar recursos da Prefeitura de Lagarto, se apresentaram à Polícia na manhã desta segunda-feira, 25. Eles tiveram mandados de prisão decretados pelo Poder Judiciário na semana passada. Por esta mesma acusação também estão presos desde sexta-feira, 22,  o prefeito Valmir Monteiro, de Lagarto, e o genro dele Igor Ribeiro Costa Aragão.

De acordo com informações da assessoria de imprensa do Ministério Público Estadual, os empresários se apresentaram na sede do Departamento de Crimes Contra a Ordem Tributária e Administração Pública (Deotap) pela manhã, onde deverão prestar depoimento.

Habeas Corpus

O prefeito Valmir Monteiro e o genro Igor Ribeiro continuam presos. Os advogados de defesa optaram por buscar uma solução jurídica no Superior Tribunal de Justiça (STJ) para libertá-los. O advogado Evânio Moura informou que a equipe da defesa ingressará com habeas corpus junto ao STJ, pedindo a liberdade dos acusados, ainda nesta segunda-feira, 25.

A defesa tinha opção de recorrer ao Tribunal de Justiça de Sergipe para rever a prisão preventiva dos acusados. Mas, por uma questão estratégica, os advogados estão debruçados para conseguir a liberdade em instância superior. “É uma estratégia da defesa”, resume Evânio Moura, sem apresentar detalhes, mas confiante nesta estratégia.

O prefeito Valmir Monteiro e o genro se apresentaram espontaneamente à polícia na sexta-feira, 22, depois da Operação Leak deflagrada para prendê-los. O Ministério Público Estadual suspeita que houve vazamento de informações e os suspeitos já estavam sendo considerados foragidos.

por Cassia Santana

Comentários