Itaporanga D’Ajuda sanciona lei de aprendizagem após acordo com o MPT

0
O acordo foi firmado em decorrência de flagrante de trabalho infantil no antigo matadouro municipal. (Foto: arquivo Portal Infonet)

O município de Itaporanga D’Ajuda, após firmar acordo com o Ministério Público do Trabalho (MPT-SE), sancionou a Lei nº 727/2021, referente à criação do Programa Municipal de Aprendizagem na Administração Pública, que permitirá a contratação de jovens entre 14 e 18 anos, qualificando-os para o mercado de trabalho e garantindo a continuidade dos estudos. O acordo foi firmado em decorrência de flagrante de trabalho infantil no antigo matadouro municipal.

A lei garante aos jovens direitos como salário-mínimo, de acordo com a carga horária, férias e décimo terceiro salário, além de estabelecer limites como a proibição do trabalho noturno, perigoso e insalubre.

De acordo com o procurador do Trabalho Raymundo Ribeiro, durante as inspeções do MPT no matadouro foi constatado o descumprimento das normas de saúde e segurança do trabalho e, também, trabalho infantil. “O acordo firmado com o Município prevê que jovens e adolescentes vulneráveis serão inseridos no programa de aprendizagem na administração pública municipal, de forma segura, protegida e com os direitos trabalhistas garantidos”, relata.

Relembre 

As tratativas entre o MPT-SE e o município de Itaporanga D’Ajuda se iniciaram após flagrante de trabalho infantil no matadouro público municipal. A inspeção realizada pelo MPT-SE constatou que havia crianças e adolescentes expostos a um ambiente insalubre, trabalhando sem qualquer equipamento de proteção, alguns deles até mesmo descalços. O matadouro foi interditado, desativado e o município multado no valor R$ 200 mil, referente à indenização por danos morais coletivos.

Ficou acordado que o valor da multa será revertido para a implementação e o custeio das primeiras turmas do Programa de Aprendizagem Profissional na Administração Pública.

Trabalho infantil 

 A sanção da lei vem no ano definido pela Assembleia Geral da ONU como o Ano Internacional para a Eliminação do Trabalho Infantil, no qual o MPT lançou uma campanha nacional de combate ao trabalho infantil, denominada #ChegadeTrabalhoInfantil.

A aprendizagem profissional é um dos pilares do combate ao trabalho infantil, pois regulariza o trabalho do jovem e do adolescente. Outros municípios sergipanos também já sancionaram a lei referente ao Programa Municipal de Aprendizagem na Administração Pública, um deles foi o município de Arauá, que, também neste ano, sancionou a Lei nº 743/2021, após firmar acordo com o Ministério Público do Trabalho em Sergipe (MPT-SE).

Fonte: Ascom/MPT-SE

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais