João Daniel defende sanção do projeto do auxílio-gás

0
De acordo com o parlamentar, muitas pessoas estão colocando suas famílias em risco de sofrerem queimaduras, pois não têm condições de comprar o botijão. (Foto: Ascom/Deputado João Daniel)

O deputado federal João Daniel (PT/SE) defendeu, em discurso na sessão da Câmara nesta quinta-feira, dia 28, que o presidente da República sancione imediatamente o projeto de lei 1374/21, que concede auxílio a famílias em vulnerabilidade social para que possam pagar menos pelo gás de cozinha. Ele é um dos coautores da proposta aprovada pelo Legislativo federal. De acordo com o parlamentar, muitas pessoas estão se expondo e colocando suas famílias em risco de sofrerem queimaduras, pois não têm condições de comprar o botijão e acabam usando outros artifícios para cozinhar.

Após as modificações feitas no Senado, o texto aprovado na Câmara nesta quarta-feira, dia 27, define que o auxílio será pago às famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) com renda familiar mensal per capita menor ou igual a meio salário-mínimo e as famílias que tenham entre seus membros pessoas contempladas com o Benefício de Prestação Continuada (BPC). Preferencialmente serão atendidas as famílias com mulheres vítimas de violência doméstica sob o monitoramento de medidas e mulheres responsáveis pela família. O benefício será pago no valor referente à metade da média de preço nacional referente ao botijão de 13kg.

“Acho fundamental esse projeto, e é importante que ele seja sancionado, porque nós temos uma das empresas mais importantes do mundo na área de petróleo e gás, que é a Petrobras, mas, lamentavelmente, ela está sendo entregue aos interesses privados, àqueles que querem o desmonte do Estado brasileiro, da soberania nacional”, afirmou João Daniel, ao acrescentar que Paulo Guedes, Bolsonaro e o time que dirige hoje a Petrobras são entreguistas. “Não controlam o preço porque estão lá a serviço dos acionistas, dos setores privados.”, completou.

O parlamentar avalia que por isso é fundamental retomar o debate sobre o papel do Brasil, da Petrobras, da soberania nacional e a reconstrução de um projeto para o país. “E tudo isso passar por uma Petrobras estatal e forte, com controle do gás e do petróleo, para que nós não tenhamos essa vergonha do aumento dos combustíveis, do aumento do gás, toda semana, levando à miséria o nosso povo brasileiro”, afirmou João Daniel.

Fonte: Ascom/Deputado João Daniel

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais