Marcelo Déda anuncia chapa majoritária

0

Déda apresenta chapa majoritária, com Jackson Barreto como vice (Foto: portal Infonet)
O governador Marcelo Déda (PT) anunciou na tarde desta sexta-feira, 11, no auditório do Sindicato dos Bancários, a tão ‘esperada’ composição da chapa majoritária. 

O senador Almeida Lima havia anunciado, em um manifesto assinado pela maioria da direção nacional do PMDB, que em Sergipe o partido só faria parte da aliança com o grupo liderado por Déda, se ele (Almeida) fosse candidato a reeleição.

Depois de anunciar a chapa – Déda governador, Jackson Barreto, vice, Valadares e Eduardo Amorim para o Senado -, o governador distribuiu cópia de um documento, assinado por 20 membros do Diretório Estadual do PMDB, em que delibera Jackson Barreto como único pré-candidato que irá integrar a chapa majoritária nas próximas eleições na condição de vice-governador. E ainda tendo deliberado não apresentar candidatos ao Senado da República.

Ao referir-se à composição da chapa, Marcelo Déda disse ter deflagado, desde janeiro de 2010, um

processo de diálogo com os partidos que integram a coligação desde 2006. “O processo de discussão tem que ser o mais livre dos projetos e eu tinha que ter toda a paciência. Num primeiro momento eu tive o compromisso com o senador Valadares e Jackson Barreto, e, apoiá-los para disputar o Senado da República”, disse.

Déda afirmou ter descartado o uso da pressão da tapeação. “Ninguém tapeou ninguém e as coisas foram caminhando com paciência, até o resultado final com esse jovem Eduardo Amorim. Nossa coligação não teve casamento apulso, ninguém vai para delegacia, pois casamento com revólver na cabeça só em festa junina”, ressaltou.

Gesto histórico

“O gesto que vai entrar para a história nesse ano é o de Belivaldo Chagas, que num momento certo abriu mão de ser vice-governador. Meu agradecimento e meu reconhecimento. Você é um homem companheiro. Não é elogiar para aliviar a dor”, diz elogiando ainda a decisão de Bosco Costa, que em 2006 abriu mão da disputa eleitoral para se integrar ao projeto petista.

“O povo de Sergipe não vai seguir o gesto de caranguejo de caminhar pra trás, pois essa é a coligação mais competente. Vamos fazer não apenas uma maioria, mais uma maioria ampliada de deputados federais, fato inédito na história de Sergipe, afirma lembrando que eleição se ganha nas urnas.

Partidos

Fazem parte da coligação, os partidos: PT, PCdoB, PMDB, PSC, PSB, PSL, PDT, PRB, PR, PTdoB, PTB, PTN, PMN, PTC, PRP e PRTB. “Agora vamos partir para as convenções, disse Déda confirmando a participação da pré-candidata do PT à Presidência da República, Dilma Roussef no encontro estadual do partido no próximo dia 24 deste mês.

Por Aldaci de Souza

Comentários