Muitos inscritos na AL abortam o grande expediente

0

Plenário da Assembléia Legislativa
A primeira sessão ordinária depois do recesso encerrado na 2ª feira, foi totalmente diferente na Assembléia Legislativa. Para começo de conversa, o elevado número de inscritos para o pequeno e o grande expediente, fez com que o presidente Ulices Andrade arrancasse um acordo de liderança pelo qual só haveria o pequeno expediente. Neste espaço, cada deputado pode falar por três minutos, mas já que não haveria grande expediente, permitiu-se que cada deputado falasse por 5 minutos, sem conceder apartes.

A sessão de ontem atrasou por conta de um expediente enorme, que levou quase uma hora para ler todos os documentos. O primeiro orador do pequeno expediente foi o deputado Antonio Passos que registrou os falecimentos dos srs. Gentil Souza Barreto, que foi prefeito de Aparecida, e José Luiz Melo, Procurador de Justiça, de quem foi colega nos bancos escolares.

Já o deputado Gilmar Carvalho disse que é preciso acabar com o privilégio de 18 delegados de Polícia que não trabalham no interior. Também os Coronéis da PM só trabalham em Aracaju sendo vedada sua transferência para qualquer cidade do interior.

Por Ivan Valença

Comentários