Rodoviários realizam manifestação em frente à Câmara de Aracaju

Rodoviários realizam manifestação em frente à Câmara de Aracaju (Foto: vídeo/reprodução/ Sinttra)

Um grupo de rodoviários que integram o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Sergipe (Sinttra) se reuniram em sinal de protesto em frente à Câmara Municipal de Aracaju (CMA) nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira, 26.

De acordo com o Sinttra, a categoria alega que os ofícios encaminhados para a Casa Legislativa não foram respondidos e pedem diálogo com alguns vereadores sobre a possível regulamentação do transporte completar da capital. “Preocupados com o desemprego batendo à porta, os rodoviários decidiram comparecer à Câmara Municipal para tentar uma reunião com alguns vereadores”, destaca o presidente do Sinttra, Miguel Belarmino.

Ainda segundo Belarmino, a possível regulamentação do transporte alternativo para a zona sul de Aracaju pode desencadear uma onda de desemprego no setor rodoviário. “Pedimos uma audiência pública para debater esse assunto e não aprovar logo uma lei que vai desfavorecer a categoria rodoviária, que já vem sofrendo desde a pandemia, com salários e benefícios atrasados”, salienta.

Comunicado à imprensa

O Sinttra disse nesta quarta-feira, 25, que a regularização do táxi lotação na zona sul de Aracaju poderá prejudicar os trabalhadores do transporte público de Aracaju.  A regulamentação do transporte complementar urbano na capital foi tema de debates na Câmara Municipal de Aracaju (CMA), nesta quarta-feira, 25, e também de uma manifestação por parte de um grupo de taxistas.

Em nota enviada à imprensa, o Sinttra disse que ainda aguarda resposta dos vereadores da Câmara Municipal de Aracaju (CMA) para discussão com a categoria do Projeto de Emenda à Lei Orgânica que visa conceder, permitir ou autorizar serviços de transporte clandestino na Zona de Expansão e Sul da capital.

CMA

Em comunicado, a Câmara Municipal de Aracaju informou que alguns vereadores conversaram na manhã de hoje com integrantes do sindicato e que eles serão recebidos hoje à tarde em audiência com o presidente da Casa, o vereador Ricardo Vasconcelos (Rede).

por João Paulo Schneider

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais