Vereador descarta irregularidade na compra de jet ski

0

Fabrício Soares (Foto: site da Câmara Municipal de Estância)

O vereador de Estância Fabrício Soares (PR), entrou em contato com o Portal Infonet para informar que todo o negócio feito para a aquição de um jet ski  com Jefferson de Assis Soares, preso recentemente na cidade de Salvador (BA) ocorreu sem qualquer irregularidade.  De acordo com Fabrício, seu pai Agnaldo Cardoso pegou o jet ski nas mãos de Jeferson no valor de R$ 28 mil. Foi paga uma parte em dinheiro e o restante por meio de uma troca de dois lotes de terra e algumas motos, tudo documentado.

“Eu estava em uma clínica de repouso e somente nesta quita-feira, 4, foi que cheguei no município e fiquei surpreso com a notícia de que tenho que devolver o jet ski. Não vou negar que conheço Jefferson e toda a sua família, que mora aqui em Estância. Ele é uma pessoa muito querida não somente em Estância, mas em Boquim, em Lagarto. Como ia saber que era procurado como estelionatário?”, indaga o vereador.

Ele explicou ainda o jet ski tinha sido financiado, mas que o restante das parcelas ficaram a cargo de Jefferson. “Toda a documentação está comigo, inclusive com registro em cartório, jamais íamos imaginar que ele seria preso como estelionatário. Agora esse André, de uma empresa de Camaçari, quer que eu devolva o jet ski. Já falei com ele que não fizemos nada de errado e que não tenho a intenção de devolver, a não ser que ele assuma o restante do débito que ficou para o vendedor (Jeferson) pagar.  A denúncia desse André é totalmente errada, infundada, pois tenho a documentação que prova que estou dizendo a verdade”, enfatiza Fabrício Soares.

Após consulta médica, o vereador recebeu atestado de 15 dias para tratamento de saúde e durante este período procurou repousar, sem atender telefones, acessar sites, ler jornais ou assistir aos programas de TV e de rádio, por isso somente quando retornou ao município na quinta-feira, 4, foi que ficou sabendo que estava sendo acusado de estar com um jet ski sem documentação.

“Quando retornei a Estância estava o maior 'bafafá' na cidade, sem que nada tenha sido feito de maneira irregular. O jet ski foi adquirido como já falei, de uma pessoa conhecida em toda a região, de família de bem, o pai dele tem um hotel no município. Tudo foi feito legalmente e como íamos imaginar que seria preso sob a acusação de estelionatário?”

Por Aldaci de Souza

Comentários