Campanha da ABRAz incentiva conscientização sobre doença de Alzheimer

0
Este ano, a campanha será realizada por meio de lives (Foto: AbraZ)

Setembro é considerado o Mês Mundial da Doença de Alzheimer, período em que ocorre uma campanha internacional para aumentar a conscientização sobre a demência e desafiar o estigma associado a essa condição. Em 2020, a campanha terá como tema “Vamos conversar sobre demência” e, ocorrendo nas plataformas digitais das organizações de Alzheimer em todo mundo, em virtude da pandemia de Covid-19.

Neste sentido, a Associação Brasileira de Alzheimer – Regional Sergipe (ABRAz Sergipe) está desenvolvendo uma programação especial para o mês. As ações seguem as recomendações de isolamento social preconizadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

No dia 09, às 19h, será realizada no Instagram da ABRAz Sergipe uma live com o tema “Alguns aspectos da doença de Alzheimer”. Já no dia 21, Dia Mundial da Doença de Alzheimer, será promovida live tipo mesa redonda na plataforma Google Meet, abordando o tema da campanha.

Além das lives, serão promovidas ações como disponibilização de faixas e informativos em prédios públicos de Aracaju. As atividades como a caminhada da memória e palestras presenciais não ocorrerão neste ano.

Mais informações podem ser obtidas através das redes sociais da ABRAz Sergipe ou dos telefones (79) 3042-2056/ 99975-8256.

Estatísticas

Dentre os dados que mais chamam a atenção acerca da demência estão:

– Existem mais de 50 milhões de pessoas em todo o mundo vivendo com demência;

– No mundo, uma pessoa desenvolve demência a cada 3 segundos, e estima-se que o número de pessoas nesta condição triplique, passando para 152 milhões em 2050;

– O ônus econômico da demência é de US $ 1 trilhão a cada ano, um número que irá dobrar até 2050;

– Quase 80% das pessoas em geral estão preocupadas quanto a desenvolverem demência em algum momento da vida.

 Tema

A cada ano, associações de Alzheimer em todo o mundo se unem no mês de setembro para organizar eventos que promovem a defesa e a divulgação de informações, bem como Caminhadas da Memória e arrecadação de doações. O impacto da campanha vem crescendo, no entanto, o estigma e a desinformação que ainda cercam a demência, permanece uma questão global.

 No entendimento da ABRAz, falar sobre a demência no Mês Mundial da doença de Alzheimer é uma oportunidade para diminuir o medo e o estigma que a cercam. A falta de conhecimento leva a suposições imprecisas sobre seus efeitos na pessoa que tem diagnóstico de demência e sua família, além de estereótipos negativos sobre como uma pessoa com demência se comportará.

Conversar sobre a demência leva a um melhor planejamento e ao acesso a apoios e serviços para melhorar a vida das pessoas que vivem com demência, assim como a de seus cuidadores e famílias. O estigma e as atitudes negativas em relação à demência persistem em todos os países. Durante o mês mundial da doença de Alzheimer, queremos expandir esse tema em todo o país, por isso a ênfase no tema “Vamos conversar sobre demência”. 

Fonte: ABRAz

Comentários