Covid-19: 2800 testes acumulados em SE testam positivo para o vírus

0
Foto: SES

O Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) encaminhou 3500 amostras de testes do coronavírus para a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e, entre as amostras, 2800 análises testaram positivo para o vírus. Segundo a assessoria de comunicação do laboratório, os testes foram enviados no último dia 10 e a Fiocruz finalizou os resultados no último domingo, 14.

Embora mais de 80% das análises realizadas tenham apresentado resultados positivos, a assessoria de comunicação do Lacen explica que, possivelmente, esse número representa as pessoas assintomáticas e com sintomas leves ou moderados, justificando a explicação ao número atual de internações. Os exames estavam acumulados no laboratório devido ao aumento da demanda e da espera por kits de extração automizados.

De acordo com o superintendente do Lacen, Cliomar Alves, a parceria com a Fiocruz irá prosseguir. “Até que o fornecedor normalize a entrega dos kits para extração automatizada do RNA do vírus, o Lacen encaminhará uma média de 600 amostras por semana para serem processadas no Instituto”, detalha ao frisar. “Nossa meta é zerar a demanda reprimida de testes sempre que houver necessidade”, destaca.

Dados

Segundo dados gerais de exames cadastrados para diagnóstico da Covid-19 do Lacen, o cumulativo de maio e a primeira quinzena de junho, somam 18.274 resultados liberados. Na unidade as amostras passam pela pesquisa de oito vírus causadores de infecções respiratórias como, Influenza A e B, Metapneuvírus, Adenovírus, Parainfluenza 1, 2 e 3, e os testes específicos para detecção do novo coronavírus.

por Juliana Melo e 

Com informações da SES

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais